Momento Agro

09 jun | 6h00 Por Rádio Aliança

InovaPork integra startups, pesquisa e mercado

Evento aconteceu nos últimos dias em Concórdia.

InovaPork integra startups, pesquisa e mercado
Imprimir

Durante três dias, de 31 de maio a 2 de junho, a inovação na cadeia de suinocultura foi o tema de um desafio de ideias. A discussão marcou o InovaPork – Fuçando ideias, promovido pela Embrapa Suínos e Aves, em Concórdia/SC, onde 30 finalistas, de nove equipes, assistiram a palestras de especialistas de diversas áreas vinculadas à suinocultura e à inovação, visitaram uma granja e aproveitaram para fazer contatos. “Esse foi o propósito do evento, reunir aqui ideias, juntar a ciência, o mercado e possibilitar a inovação”, frisou a chefe geral da Embrapa Suínos e Aves, Janice Zanella. “Estamos transformando um sonho em realidade, especialmente porque podemos ver a motivação das pessoas que participaram aqui, não somente nossos parceiros, mas as equipes que se inscreveram e trouxeram ideias maravilhosas”, enfatizou, ainda no primeiro dia de evento. “A proposta do InovaPork foi a de fomentar a inovação de impacto na suinocultura e atrair pessoas inovadoras com ideias em qualquer estágio de maturidade, colaborando para que se tornem negócios e soluções para a cadeia produtiva de suínos”, disse ela. No domingo, após a final, ela destacou que as expectativas com o evento foram todas superadas e que a inovação encontrou a porta aberta na Embrapa.


 
Para o Diretor de Inovação da Embrapa, Cleber Soares, que foi palestrante no primeiro dia, o InovaPork cumpre uma agenda de inovação que a Embrapa está buscando junto a novos parceiros. “Foi contagiante ver a energia e a alegria dos jovens empreendedores em aproximar, dialogar e desenvolver novos ativos tecnológicos com a equipe da Embrapa. Ganham os empreendedores, ganham as startups, ganha a Embrapa, ganham os produtores e a sociedade”, destacou o diretor Cleber.


 
O InovaPork foi realizado em três etapas – inscrição das equipes, seleção dos finalistas e a final. As duas primeiras ocorreram de modo online e a final foi presencial na sede da Embrapa Suínos e Aves nestes três dias. Na primeira etapa, 46 equipes inscreveram suas ideias, avaliadas por 12 especialistas cada. Destas, dez equipes foram selecionadas para a final, quando teriam a oportunidade de contato com mentores, visita a campo e estruturar suas propostas.


 
Para os participantes, este momento presencial foi importante e marcou a virada das startups. “O evento foi excelente! Eu, que sou da área, fiquei muito feliz em conhecer pesquisadores tão importantes para o país, pessoas que talvez o mais próximo que chegaria seria nas referências bibliográficas... E, poder sentar com eles e trocar ideias foi demais”. A conexão com grandes companhias e com startups já consolidadas que são nossas inspirações marcaram e serão história da LebenLog”, declarou Vitor Hugo Pereira, integrante da equipe que levou o segundo lugar com a proposta “Monitoramento e rastreabilidade no transporte de suínos da granja ao frigorífico – TransPORK”.


 
Matheus Parmagnani, da startup que apresentou a “Solução para inseminação artificial de precisão - Agro 4.0” e levou o terceiro lugar, disse que o InovaPork foi uma quebra de paradigma na suinocultura. “Está sendo possível mostrar que tecnologia é para todos, incluindo especialmente os pequenos produtores”, destacou ele.


 
A equipe vencedora, Kemia, que apresentou a solução “Tecnologia verde de eletrofloculação e eletro-oxidação para o tratamento de águas residuárias”, encerrou o evento com muito entusiasmo e compartilhou o sentimento com todos os envolvidos. “Gostaríamos de agradecer e parabenizar a todos os colaboradores da Embrapa envolvidos no InovaPork, porque nos deram exemplo de uma instituição organizada, comprometida e que trabalha em equipe! Parabéns a todos os envolvidos! Parabéns a todos as startups participantes! Todos nós estamos orgulhosos de ter feito parte de tudo isso”, destacou Ricardo Leidens.


 
Para a equipe B.Tools, outra startup participante, o agradecimento foi pela oportunidade de poder mostrar o trabalho que eles vêm desenvolvendo. “Só temos a agradecer pela grande oportunidade que nos foi dada de mostrar nosso trabalho, bem como pelo imenso aprendizado durante os três dias do evento”, comentou um dos integrantes.


 
A motivação também contagiou a equipe de patrocinadores e apoiadores do evento. “Estamos presenciando efetivamente uma revolução tecnológica no nosso setor. Foi impressionante a quantidade de sinergias disponíveis. Parabéns a todos”, declarou Luís Fernando Sarmento Rangel, da APC do Brasil.


 
“A Embrapa Suínos e Aves criou um ambiente de conexão entre as startups e o mercado”, enfatizou Everton Gruber, Diretor de Inovação da Agriness. Clóvis Rossi, CEO da Granter, também pontuou a abertura da pesquisa para o mercado da inovação. “Os resultados deste evento não cessaram no domingo, quando o InovaPork terminou. A semente foi plantada e os frutos ainda serão colhidos. Foi muito bom ver que cada vez mais pessoas estão dispostas a fazer a diferença. Vocês, Embrapa, fizeram essa diferença com a iniciativa”.


 
“O InovaPork 2019 foi um evento incrível. A dinâmica da imersão em aspectos da cadeira agropecuária, em atenção a suinocultura e dos aspectos voltados para a cadeia de negócios foram fundamentais para o evento. A mentoria teve uma visão multifocal, com diversos atores expressando diversas opiniões e fazendo com que os competidores tivessem uma visão complementar das ideais originais. Tenho certeza que o InovaPork 2019 começou a criar o sentimento de inovação na cadeia da suinocultura, não somente do estado de Santa Catarina, mas sim por todo o Brasil”, expressou Ricardo Fonseca Araujo, da Secretária de Inovação da Embrapa.


 
O analista Cássio Wilbert, supervisor do SIPT e um dos organizadores do evento, avaliou o evento como uma grande abertura de parcerias e de mudanças no cenário de inovação da Embrapa e destacou o potencial das propostas apresentadas.


 
Premiação


A premiação entregue as equipes selecionadas foi a classificação direta para a final do Pontes da Inovação – para as três classificadas, participação na AveSui EuroTier 2019 com espaço no Digital Farm – para o primeiro colocado e cursos da Academia Suína para as três equipes, além de troféu e certificado. Os parceiros e patrocinadores também foram homenageados com um troféu.


Equipes vencedoras:


1º lugar: Tecnologia verde de eletrofloculação e eletro-oxidação para o tratamento de águas residuárias
Rafael Celuppi, Ricardo Leidens, Fabio Luiz Araldi Petik, Maria Melz Celuppi e João Pedro Zardo Gonçalves, de Chapecó-SC
 
2º lugar: Monitoramento e rastreabilidade no transporte de suínos da granja ao frigorífico - TransPORK
Vitor Hugo Pereira, Luiz Antonio de Souza Fernandes, Luiza Reck Munhoz e Matheus de Castro Diori, de Londrina-PR
 
3º lugar: Solução para inseminação artificial de precisão - Agro 4.0
Jeferson Rodrigo Gatti, Charles Savaris, Gustavo Guimarães, Matheus Parmagnani e Camilla Raldi Gatti, de Videira-SC

 

(Fonte: Monalisa Leal Pereira/Ascom/Embrapa Suínos e Aves)
 

09 jun | 6h00 Por Rádio Aliança

InovaPork integra startups, pesquisa e mercado

Evento aconteceu nos últimos dias em Concórdia.

InovaPork integra startups, pesquisa e mercado

Durante três dias, de 31 de maio a 2 de junho, a inovação na cadeia de suinocultura foi o tema de um desafio de ideias. A discussão marcou o InovaPork – Fuçando ideias, promovido pela Embrapa Suínos e Aves, em Concórdia/SC, onde 30 finalistas, de nove equipes, assistiram a palestras de especialistas de diversas áreas vinculadas à suinocultura e à inovação, visitaram uma granja e aproveitaram para fazer contatos. “Esse foi o propósito do evento, reunir aqui ideias, juntar a ciência, o mercado e possibilitar a inovação”, frisou a chefe geral da Embrapa Suínos e Aves, Janice Zanella. “Estamos transformando um sonho em realidade, especialmente porque podemos ver a motivação das pessoas que participaram aqui, não somente nossos parceiros, mas as equipes que se inscreveram e trouxeram ideias maravilhosas”, enfatizou, ainda no primeiro dia de evento. “A proposta do InovaPork foi a de fomentar a inovação de impacto na suinocultura e atrair pessoas inovadoras com ideias em qualquer estágio de maturidade, colaborando para que se tornem negócios e soluções para a cadeia produtiva de suínos”, disse ela. No domingo, após a final, ela destacou que as expectativas com o evento foram todas superadas e que a inovação encontrou a porta aberta na Embrapa.


 
Para o Diretor de Inovação da Embrapa, Cleber Soares, que foi palestrante no primeiro dia, o InovaPork cumpre uma agenda de inovação que a Embrapa está buscando junto a novos parceiros. “Foi contagiante ver a energia e a alegria dos jovens empreendedores em aproximar, dialogar e desenvolver novos ativos tecnológicos com a equipe da Embrapa. Ganham os empreendedores, ganham as startups, ganha a Embrapa, ganham os produtores e a sociedade”, destacou o diretor Cleber.


 
O InovaPork foi realizado em três etapas – inscrição das equipes, seleção dos finalistas e a final. As duas primeiras ocorreram de modo online e a final foi presencial na sede da Embrapa Suínos e Aves nestes três dias. Na primeira etapa, 46 equipes inscreveram suas ideias, avaliadas por 12 especialistas cada. Destas, dez equipes foram selecionadas para a final, quando teriam a oportunidade de contato com mentores, visita a campo e estruturar suas propostas.


 
Para os participantes, este momento presencial foi importante e marcou a virada das startups. “O evento foi excelente! Eu, que sou da área, fiquei muito feliz em conhecer pesquisadores tão importantes para o país, pessoas que talvez o mais próximo que chegaria seria nas referências bibliográficas... E, poder sentar com eles e trocar ideias foi demais”. A conexão com grandes companhias e com startups já consolidadas que são nossas inspirações marcaram e serão história da LebenLog”, declarou Vitor Hugo Pereira, integrante da equipe que levou o segundo lugar com a proposta “Monitoramento e rastreabilidade no transporte de suínos da granja ao frigorífico – TransPORK”.


 
Matheus Parmagnani, da startup que apresentou a “Solução para inseminação artificial de precisão - Agro 4.0” e levou o terceiro lugar, disse que o InovaPork foi uma quebra de paradigma na suinocultura. “Está sendo possível mostrar que tecnologia é para todos, incluindo especialmente os pequenos produtores”, destacou ele.


 
A equipe vencedora, Kemia, que apresentou a solução “Tecnologia verde de eletrofloculação e eletro-oxidação para o tratamento de águas residuárias”, encerrou o evento com muito entusiasmo e compartilhou o sentimento com todos os envolvidos. “Gostaríamos de agradecer e parabenizar a todos os colaboradores da Embrapa envolvidos no InovaPork, porque nos deram exemplo de uma instituição organizada, comprometida e que trabalha em equipe! Parabéns a todos os envolvidos! Parabéns a todos as startups participantes! Todos nós estamos orgulhosos de ter feito parte de tudo isso”, destacou Ricardo Leidens.


 
Para a equipe B.Tools, outra startup participante, o agradecimento foi pela oportunidade de poder mostrar o trabalho que eles vêm desenvolvendo. “Só temos a agradecer pela grande oportunidade que nos foi dada de mostrar nosso trabalho, bem como pelo imenso aprendizado durante os três dias do evento”, comentou um dos integrantes.


 
A motivação também contagiou a equipe de patrocinadores e apoiadores do evento. “Estamos presenciando efetivamente uma revolução tecnológica no nosso setor. Foi impressionante a quantidade de sinergias disponíveis. Parabéns a todos”, declarou Luís Fernando Sarmento Rangel, da APC do Brasil.


 
“A Embrapa Suínos e Aves criou um ambiente de conexão entre as startups e o mercado”, enfatizou Everton Gruber, Diretor de Inovação da Agriness. Clóvis Rossi, CEO da Granter, também pontuou a abertura da pesquisa para o mercado da inovação. “Os resultados deste evento não cessaram no domingo, quando o InovaPork terminou. A semente foi plantada e os frutos ainda serão colhidos. Foi muito bom ver que cada vez mais pessoas estão dispostas a fazer a diferença. Vocês, Embrapa, fizeram essa diferença com a iniciativa”.


 
“O InovaPork 2019 foi um evento incrível. A dinâmica da imersão em aspectos da cadeira agropecuária, em atenção a suinocultura e dos aspectos voltados para a cadeia de negócios foram fundamentais para o evento. A mentoria teve uma visão multifocal, com diversos atores expressando diversas opiniões e fazendo com que os competidores tivessem uma visão complementar das ideais originais. Tenho certeza que o InovaPork 2019 começou a criar o sentimento de inovação na cadeia da suinocultura, não somente do estado de Santa Catarina, mas sim por todo o Brasil”, expressou Ricardo Fonseca Araujo, da Secretária de Inovação da Embrapa.


 
O analista Cássio Wilbert, supervisor do SIPT e um dos organizadores do evento, avaliou o evento como uma grande abertura de parcerias e de mudanças no cenário de inovação da Embrapa e destacou o potencial das propostas apresentadas.


 
Premiação


A premiação entregue as equipes selecionadas foi a classificação direta para a final do Pontes da Inovação – para as três classificadas, participação na AveSui EuroTier 2019 com espaço no Digital Farm – para o primeiro colocado e cursos da Academia Suína para as três equipes, além de troféu e certificado. Os parceiros e patrocinadores também foram homenageados com um troféu.


Equipes vencedoras:


1º lugar: Tecnologia verde de eletrofloculação e eletro-oxidação para o tratamento de águas residuárias
Rafael Celuppi, Ricardo Leidens, Fabio Luiz Araldi Petik, Maria Melz Celuppi e João Pedro Zardo Gonçalves, de Chapecó-SC
 
2º lugar: Monitoramento e rastreabilidade no transporte de suínos da granja ao frigorífico - TransPORK
Vitor Hugo Pereira, Luiz Antonio de Souza Fernandes, Luiza Reck Munhoz e Matheus de Castro Diori, de Londrina-PR
 
3º lugar: Solução para inseminação artificial de precisão - Agro 4.0
Jeferson Rodrigo Gatti, Charles Savaris, Gustavo Guimarães, Matheus Parmagnani e Camilla Raldi Gatti, de Videira-SC

 

(Fonte: Monalisa Leal Pereira/Ascom/Embrapa Suínos e Aves)