Região

11 nov 20 | 7h39 Por Jocimar Soares

OUÇA: Regional de Saúde interdita parcialmente o Hospital de Arabutã

Conforme informações, unidade não estaria atendendo as normativas da Anvisa. Interdição vale para o bloco cirúrgico

OUÇA: Regional de Saúde interdita parcialmente o Hospital de Arabutã
Escute
Imprimir

A Agência Regional de Saúde de Concórdia interditou parcialmente o Hospital Oswaldo Cruz, em Arabutã, durante vistoria realizada nesta terça-feira, dia 10. Essa interdição se aplica ao bloco cirúrgico da casa de saúde. Os problemas encontrados foram na Central de Material de Esterilização, conhecido como CME. O hospital terá um prazo de aproximadamente 60 dias para se adequar às exigências e normativas da Anvisa. Enquanto não houver essa adequação, o hospital não poderá realizar qualquer tipo de cirurgia. Em entrevista ao Jornal Primeira Hora da Rádio Aliança, o Agente de Apoio da Gerência Regional de Saúde, Claudiomir Piva, não citou as irregularidades encontradas, mas resumiu que o hospital estava em desacordo com as normativas da Anvisa.

11 nov 20 | 7h39 Por Jocimar Soares

OUÇA: Regional de Saúde interdita parcialmente o Hospital de Arabutã

Conforme informações, unidade não estaria atendendo as normativas da Anvisa. Interdição vale para o bloco cirúrgico

OUÇA: Regional de Saúde interdita parcialmente o Hospital de Arabutã

A Agência Regional de Saúde de Concórdia interditou parcialmente o Hospital Oswaldo Cruz, em Arabutã, durante vistoria realizada nesta terça-feira, dia 10. Essa interdição se aplica ao bloco cirúrgico da casa de saúde. Os problemas encontrados foram na Central de Material de Esterilização, conhecido como CME. O hospital terá um prazo de aproximadamente 60 dias para se adequar às exigências e normativas da Anvisa. Enquanto não houver essa adequação, o hospital não poderá realizar qualquer tipo de cirurgia. Em entrevista ao Jornal Primeira Hora da Rádio Aliança, o Agente de Apoio da Gerência Regional de Saúde, Claudiomir Piva, não citou as irregularidades encontradas, mas resumiu que o hospital estava em desacordo com as normativas da Anvisa.