Região

16 fev 21 | 10h52 Por Jocimar Soares

OUÇA: Empresa entra com pedido de reequilíbrio financeiro junto à Infraestrutura

Pedido está sendo analisado pela pasta estadual e um parecer deve ser dado nas próximas semanas

OUÇA:  Empresa entra com pedido de reequilíbrio financeiro junto à Infraestrutura
Escute
Imprimir

A empresa Decc, responsável pela construção da ponte do novo contorno viário de Seara, entrou com pedido de reequilíbrio financeiro junto à Secretaria de Estado da Infraestrutura. A informação é do Coordenador Oeste do órgão, Eliseu Bilibio. A empresa teria alegado dificuldades para dar continuidade aos trabalhos de construção da ponte que fica na Linha Bernardi e que estão parados desde o começo desse ano. Em entrevista ao Jornal Primeira Hora da Aliança FM, na manhã desta terça-feira, dia 16, Bilibio informou que a empresa teria justificado o aumento no custo dos materiais empregados na construção da ponte para essa solicitação da Decc.


Conforme Bilibio, esse pedido de reequilíbrio está sendo analisado pelo órgão e um parecer deve ser dado nas próximas semanas. De acordo com o coordenador oeste, não está descartada uma rescisão contratual com a Decc, chamando a segunda colocada no processo licitatório ou, até mesmo, realizar uma nova licitação para a construção dessa ponte.


De acordo com o que já foi informado pela Aliança FM, a empresa Fidelis, que estava realizando a construção da ponte de forma terceirizada pela Decc, paralisou os trabalhos no dia 15 do mês passado, alegando falta de pagamento. Até então, a justificativa era de que a Decc não estaria recebendo o dinheiro do Estado para o repasse a Fidelis. Sobre esse assunto, Bilibio garante que esses repasses, até onde ele sabe, estão sendo feitos normalmente. 


Os trabalhos de construção da ponte ocorreram quando o empreendimento estava com 65% de conclusão. Os trabalhos iniciaram no segundo semestre do ano passado. O valor do empreendimento é de aproximadamente R$ 3 milhões.

16 fev 21 | 10h52 Por Jocimar Soares

OUÇA: Empresa entra com pedido de reequilíbrio financeiro junto à Infraestrutura

Pedido está sendo analisado pela pasta estadual e um parecer deve ser dado nas próximas semanas

OUÇA:  Empresa entra com pedido de reequilíbrio financeiro junto à Infraestrutura

A empresa Decc, responsável pela construção da ponte do novo contorno viário de Seara, entrou com pedido de reequilíbrio financeiro junto à Secretaria de Estado da Infraestrutura. A informação é do Coordenador Oeste do órgão, Eliseu Bilibio. A empresa teria alegado dificuldades para dar continuidade aos trabalhos de construção da ponte que fica na Linha Bernardi e que estão parados desde o começo desse ano. Em entrevista ao Jornal Primeira Hora da Aliança FM, na manhã desta terça-feira, dia 16, Bilibio informou que a empresa teria justificado o aumento no custo dos materiais empregados na construção da ponte para essa solicitação da Decc.


Conforme Bilibio, esse pedido de reequilíbrio está sendo analisado pelo órgão e um parecer deve ser dado nas próximas semanas. De acordo com o coordenador oeste, não está descartada uma rescisão contratual com a Decc, chamando a segunda colocada no processo licitatório ou, até mesmo, realizar uma nova licitação para a construção dessa ponte.


De acordo com o que já foi informado pela Aliança FM, a empresa Fidelis, que estava realizando a construção da ponte de forma terceirizada pela Decc, paralisou os trabalhos no dia 15 do mês passado, alegando falta de pagamento. Até então, a justificativa era de que a Decc não estaria recebendo o dinheiro do Estado para o repasse a Fidelis. Sobre esse assunto, Bilibio garante que esses repasses, até onde ele sabe, estão sendo feitos normalmente. 


Os trabalhos de construção da ponte ocorreram quando o empreendimento estava com 65% de conclusão. Os trabalhos iniciaram no segundo semestre do ano passado. O valor do empreendimento é de aproximadamente R$ 3 milhões.