Região

18 out 21 | 19h21 Por Jocimar Soares

Irani Decreta Situação de Emergência por causa do vendaval de setembro

Município teve aproximadamente 30 imóveis com danos mais de 500 folhas de telhas foram entregues pela Defesa Civil

Irani Decreta Situação de Emergência por causa do vendaval de setembro
Imprimir

Irani é outra cidade da região do Alto Uruguai de Santa Catarina que decretou situação de Emergência por causa das tempestades. Conforme informações buscadas pela reportagem da Aliança FM, a cidade baixou o decreto em nível municipal e o mesmo está tramitando na Defesa Civil Estadual, aguardando reconhecimento por parte do órgão.

O município alega perdas e danos provocados pelo temporal ocorrido na madrugada do dia 21 de setembro, que resultou na ocorrência de queda de árvores e danos em aproximadamente 30 residências entre cidade e interior. Na ocasião, a Defesa Civil distribuiu 541 folhas de telhas para a cobertura de residências no terceiro maior município da região.


Diferente do evento em Searana noite do dia 20 de setembro, classificado como um tornado, a Defesa Civil de Santa Catarina definiu o evento climático de Irani como vendaval.


Ainda de acordo com o apurado pela Aliança FM, Itá que baixou o seu Decreto de Situação de Emergência por causa das chuvas da última semana não teve seu processo em tramitação na Defesa Civil de Santa Catarina até este momento.

18 out 21 | 19h21 Por Jocimar Soares

Irani Decreta Situação de Emergência por causa do vendaval de setembro

Município teve aproximadamente 30 imóveis com danos mais de 500 folhas de telhas foram entregues pela Defesa Civil

Irani Decreta Situação de Emergência por causa do vendaval de setembro

Irani é outra cidade da região do Alto Uruguai de Santa Catarina que decretou situação de Emergência por causa das tempestades. Conforme informações buscadas pela reportagem da Aliança FM, a cidade baixou o decreto em nível municipal e o mesmo está tramitando na Defesa Civil Estadual, aguardando reconhecimento por parte do órgão.

O município alega perdas e danos provocados pelo temporal ocorrido na madrugada do dia 21 de setembro, que resultou na ocorrência de queda de árvores e danos em aproximadamente 30 residências entre cidade e interior. Na ocasião, a Defesa Civil distribuiu 541 folhas de telhas para a cobertura de residências no terceiro maior município da região.


Diferente do evento em Searana noite do dia 20 de setembro, classificado como um tornado, a Defesa Civil de Santa Catarina definiu o evento climático de Irani como vendaval.


Ainda de acordo com o apurado pela Aliança FM, Itá que baixou o seu Decreto de Situação de Emergência por causa das chuvas da última semana não teve seu processo em tramitação na Defesa Civil de Santa Catarina até este momento.