Região

11 nov 19 | 11h53 Por Jocimar Soares

Em outubro a Usina Machadinho repassou R$ 1,8 milhões a título de compensação financeira

O montante é repassado aos municípios lindeiros, estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além do governo federal.

Em outubro a Usina Machadinho repassou R$ 1,8 milhões a título de compensação financeira
Imprimir

A Usina Hidrelétrica Machadinho – Carlos Ermírio de Moraes repassou no mês de outubro de 2019 aproximadamente R$ 1,8 milhões a título de compensação financeira. Os valores repassados foram divididos entre o governo federal, estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina e municípios lindeiros. Desde julho de 2018, os percentuais de repasse foram alterados e os municípios passaram a receber 65% dos recursos, já nos estados houve uma redução para 25%.


A compensação financeira é relativa à indenização dos estados, do governo federal e dos municípios, pelo resultado da utilização de recursos hídricos para fins de geração de energia elétrica. As cidades lindeiras são as maiores beneficiárias da compensação financeira, pois recebem mensalmente da Usina Hidrelétrica Machadinho um valor que contribui para o seu desenvolvimento.


Em Santa Catarina os municípios contemplados receberam um total de R$ 474,7 mil. Esse repasse para as cidades lindeiras ao reservatório foi dividido entre Anita Garibaldi, que recebeu aproximadamente R$ 32,5 mil; Campos Novos, R$ 31,8 mil; Capinzal R$ 74,6 mil; Celso Ramos R$ 86,2 mil; Piratuba, R$ 131,2 mil e Zortéa, R$ 118,2 mil.


Já no Rio Grande do Sul o total repassado compreende o valor de R$ 525,9 mil. Sendo que o montante destinado às cidades lindeiras foi dividido entre Barracão, que recebeu aproximadamente R$ 118,9 mil; Machadinho, R$ 283,8 mil; Maximiliano de Almeida, R$ 89,4 mil e Pinhal da Serra, R$ 33,8 mil.


O montante repassado através da Compensação Financeira beneficia também o governo Federal e Estadual. No mês de outubro, a esfera federal recebeu cerca de R$ 359,6 mil. O governo de Santa Catarina recebeu R$ 195,7 mil e o governo do Rio Grande do Sul recebeu R$ 212,9 mil. Desde que entrou em operação, no ano de 2002, a Usina Hidrelétrica Machadinho já repassou mais de R$ 399 milhões.


(Fonte: Ana Paula Roncaglio)

11 nov 19 | 11h53 Por Jocimar Soares

Em outubro a Usina Machadinho repassou R$ 1,8 milhões a título de compensação financeira

O montante é repassado aos municípios lindeiros, estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além do governo federal.

Em outubro a Usina Machadinho repassou R$ 1,8 milhões a título de compensação financeira

A Usina Hidrelétrica Machadinho – Carlos Ermírio de Moraes repassou no mês de outubro de 2019 aproximadamente R$ 1,8 milhões a título de compensação financeira. Os valores repassados foram divididos entre o governo federal, estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina e municípios lindeiros. Desde julho de 2018, os percentuais de repasse foram alterados e os municípios passaram a receber 65% dos recursos, já nos estados houve uma redução para 25%.


A compensação financeira é relativa à indenização dos estados, do governo federal e dos municípios, pelo resultado da utilização de recursos hídricos para fins de geração de energia elétrica. As cidades lindeiras são as maiores beneficiárias da compensação financeira, pois recebem mensalmente da Usina Hidrelétrica Machadinho um valor que contribui para o seu desenvolvimento.


Em Santa Catarina os municípios contemplados receberam um total de R$ 474,7 mil. Esse repasse para as cidades lindeiras ao reservatório foi dividido entre Anita Garibaldi, que recebeu aproximadamente R$ 32,5 mil; Campos Novos, R$ 31,8 mil; Capinzal R$ 74,6 mil; Celso Ramos R$ 86,2 mil; Piratuba, R$ 131,2 mil e Zortéa, R$ 118,2 mil.


Já no Rio Grande do Sul o total repassado compreende o valor de R$ 525,9 mil. Sendo que o montante destinado às cidades lindeiras foi dividido entre Barracão, que recebeu aproximadamente R$ 118,9 mil; Machadinho, R$ 283,8 mil; Maximiliano de Almeida, R$ 89,4 mil e Pinhal da Serra, R$ 33,8 mil.


O montante repassado através da Compensação Financeira beneficia também o governo Federal e Estadual. No mês de outubro, a esfera federal recebeu cerca de R$ 359,6 mil. O governo de Santa Catarina recebeu R$ 195,7 mil e o governo do Rio Grande do Sul recebeu R$ 212,9 mil. Desde que entrou em operação, no ano de 2002, a Usina Hidrelétrica Machadinho já repassou mais de R$ 399 milhões.


(Fonte: Ana Paula Roncaglio)