Polícia

20 set 21 | 16h46 Por André Krüger

Polícia Civil instaura inquérito para apurar autoria de assassinato de mulher em Concórdia

Mulher de 38 anos foi alvejada por disparos de arma de fogo na madrugada do sábado, dia 18, no bairro Flamenguinho

Polícia Civil instaura inquérito para apurar autoria de assassinato de mulher em Concórdia
Imprimir

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Concórdia DIC, instaurou inquérito para apurar o assassinato de Cleusa Ferreira, 38 anos. Ela foi morta por disparos de arma de fogo, durante a madrugada do sábado, dia 18, em Concórdia.


Segundo as informações apuradas pelo Jornalismo da Aliança FM, o responsável pela Investigação é o delegado Álvaro Optiz, que já ouviu o esposo da vítima, que estava em casa no momento dos fatos. Outros detalhes da investigação não foram repassados.


Conforme já informado pela Aliança FM, ela foi atingida por disparos de arma de fogo por volta das 3h da madrugada dentro da própria residência, que fica próxima da antiga pedreira, no bairro Flamengo.


De acordo com relatos, um homem teria invadido o local para possivelmente cometer assalto. A mulher foi alvejada na cabeça. O invasor e o marido da vítima entraram em luta corporal e a arma teria falhado, quando houve a tentativa de disparo contra o masculino. 


O delegado aguarda o resultado da necropsia para anexá-la ao inquérito.

20 set 21 | 16h46 Por André Krüger

Polícia Civil instaura inquérito para apurar autoria de assassinato de mulher em Concórdia

Mulher de 38 anos foi alvejada por disparos de arma de fogo na madrugada do sábado, dia 18, no bairro Flamenguinho

Polícia Civil instaura inquérito para apurar autoria de assassinato de mulher em Concórdia

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Concórdia DIC, instaurou inquérito para apurar o assassinato de Cleusa Ferreira, 38 anos. Ela foi morta por disparos de arma de fogo, durante a madrugada do sábado, dia 18, em Concórdia.


Segundo as informações apuradas pelo Jornalismo da Aliança FM, o responsável pela Investigação é o delegado Álvaro Optiz, que já ouviu o esposo da vítima, que estava em casa no momento dos fatos. Outros detalhes da investigação não foram repassados.


Conforme já informado pela Aliança FM, ela foi atingida por disparos de arma de fogo por volta das 3h da madrugada dentro da própria residência, que fica próxima da antiga pedreira, no bairro Flamengo.


De acordo com relatos, um homem teria invadido o local para possivelmente cometer assalto. A mulher foi alvejada na cabeça. O invasor e o marido da vítima entraram em luta corporal e a arma teria falhado, quando houve a tentativa de disparo contra o masculino. 


O delegado aguarda o resultado da necropsia para anexá-la ao inquérito.