Polícia

06 ago 20 | 11h02 Por Cristiano Mortari

Major Andréia Cristina Fergitz é a primeira mulher a fazer parte do comando da PM de Concórdia

A policial iniciou as atividades no início da semana em Concórdia e foi apresentada oficialmente nesta quinta-feira no Batalhão

Major Andréia Cristina Fergitz é a primeira mulher a fazer parte do comando da PM de Concórdia
Imprimir

A major Andréia Cristina Fergitz, de 35 anos, assumiu nesta semana, o Subcomando do 20º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira (20º BPM/Fron), em Concórdia. Ela é a primeira mulher a fazer parte do quadro de comando da PM de Concórdia, que integra a 4ª Região e abrange também a região de Chapecó.


Andréia Cristina relata que será um desafio e destaca a importância das mulheres em funções de gerência. “Me sinto muito prestigiada por estar assumindo essa função, a gente sabe que ao longo da história a mulher trabalhava muito mais no lar, não ocupava estas funções de gerência na comunidade. Hoje esta realidade está mudando e é importante que a mulher participe do desenvolvimento social e econômico ocupando funções de chefia e gerência que a sociedade oferece”, registra ela. “A participação feminina nas atividades de comando só tem a somar com a comunidade”, ressalta.


A major é natural de Dionísio Cerqueira e ingressou na Polícia Militar em 2007. Ela já atuou no 2º e no 4º Batalhão de Polícia Militar em Chapecó, na Força Nacional de Segurança Pública, em Pontos e Lacerda (MT); e na Guarnição Especial de Polícia Militar Montada, em São José.  Andréia é formada em Direito,  em Segurança Pública e é especialista em Ciências Penais. Também tem formação em Administração em Segurança Pública com ênfase na atividade Militar.  A policial também fez o estágio básico de agentes de inteligência em Florianópolis e o Curso de Especialização em Policiamento Montado, na cidade de São José, além o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO).


Atuação em Concórdia:

Andréia comenta que ainda está conhecendo a região de Concórdia, mas relata que a expectativa é positiva. “Trabalhei muito tempo em Chapecó e conheço a região. Ainda estou me inteirando sobre as questões locais e sobre os municípios que o 20º Batalhão aqui de Concórdia abrange, mas a gente sabe que a região é tranquila e temos boas referências das pessoas e da sociedade de modo geral”, ressalta.


A major adianta que já está acompanhando as ocorrências em Concórdia. “Aqui vou estar mais próxima da comunidade e da Tropa. O subcomando tem a função de auxiliar nas tomadas de decisões e vou participar efetivamente das atividades operacionais, vou acompanhar as ocorrências e dar o suporte necessário. Estou aqui para somar e tenho certeza que vamos manter este trabalho que já é realizado, na garantia de segurança da sociedade”, destaca 


06 ago 20 | 11h02 Por Cristiano Mortari

Major Andréia Cristina Fergitz é a primeira mulher a fazer parte do comando da PM de Concórdia

A policial iniciou as atividades no início da semana em Concórdia e foi apresentada oficialmente nesta quinta-feira no Batalhão

Major Andréia Cristina Fergitz é a primeira mulher a fazer parte do comando da PM de Concórdia

A major Andréia Cristina Fergitz, de 35 anos, assumiu nesta semana, o Subcomando do 20º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira (20º BPM/Fron), em Concórdia. Ela é a primeira mulher a fazer parte do quadro de comando da PM de Concórdia, que integra a 4ª Região e abrange também a região de Chapecó.


Andréia Cristina relata que será um desafio e destaca a importância das mulheres em funções de gerência. “Me sinto muito prestigiada por estar assumindo essa função, a gente sabe que ao longo da história a mulher trabalhava muito mais no lar, não ocupava estas funções de gerência na comunidade. Hoje esta realidade está mudando e é importante que a mulher participe do desenvolvimento social e econômico ocupando funções de chefia e gerência que a sociedade oferece”, registra ela. “A participação feminina nas atividades de comando só tem a somar com a comunidade”, ressalta.


A major é natural de Dionísio Cerqueira e ingressou na Polícia Militar em 2007. Ela já atuou no 2º e no 4º Batalhão de Polícia Militar em Chapecó, na Força Nacional de Segurança Pública, em Pontos e Lacerda (MT); e na Guarnição Especial de Polícia Militar Montada, em São José.  Andréia é formada em Direito,  em Segurança Pública e é especialista em Ciências Penais. Também tem formação em Administração em Segurança Pública com ênfase na atividade Militar.  A policial também fez o estágio básico de agentes de inteligência em Florianópolis e o Curso de Especialização em Policiamento Montado, na cidade de São José, além o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO).


Atuação em Concórdia:

Andréia comenta que ainda está conhecendo a região de Concórdia, mas relata que a expectativa é positiva. “Trabalhei muito tempo em Chapecó e conheço a região. Ainda estou me inteirando sobre as questões locais e sobre os municípios que o 20º Batalhão aqui de Concórdia abrange, mas a gente sabe que a região é tranquila e temos boas referências das pessoas e da sociedade de modo geral”, ressalta.


A major adianta que já está acompanhando as ocorrências em Concórdia. “Aqui vou estar mais próxima da comunidade e da Tropa. O subcomando tem a função de auxiliar nas tomadas de decisões e vou participar efetivamente das atividades operacionais, vou acompanhar as ocorrências e dar o suporte necessário. Estou aqui para somar e tenho certeza que vamos manter este trabalho que já é realizado, na garantia de segurança da sociedade”, destaca