Polícia

15 out 20 | 10h13 Por Cristiano Mortari

Estelionatários tentam aplicar golpes através do Whatsapp em moradores de Piratuba

Eles fazem contato, conversam e dizem que a pessoa tem alguma dívida

Estelionatários tentam aplicar golpes através do Whatsapp em moradores de Piratuba
Imprimir

Moradores de Piratuba estão relatando que estelionatários estariam tentando aplicar o golpe do Whatsapp. Os bandidos entram em contato e tentam convencer as pessoas, de que elas têm alguma dívida. Eles passam números de contas e pedem transferências ou depósitos.


De acordo com as informações apuradas, o contato é feito através de aparelhos que têm os números com código de área 49, para que as pessoas não desconfiem.


Conforme o relato de moradores, os golpistas também tentam colher informações pessoais durante as conversas via aplicativo.


Até o momento não há registro de pessoas que tenham feito algum depósito. A orientação das autoridades é a de que as pessoas não façam depósitos ou transferências. Também é ideal que quem for acionado e desconfiar, registre Boletim de Ocorrência.


Com informações: Magronada

15 out 20 | 10h13 Por Cristiano Mortari

Estelionatários tentam aplicar golpes através do Whatsapp em moradores de Piratuba

Eles fazem contato, conversam e dizem que a pessoa tem alguma dívida

Estelionatários tentam aplicar golpes através do Whatsapp em moradores de Piratuba

Moradores de Piratuba estão relatando que estelionatários estariam tentando aplicar o golpe do Whatsapp. Os bandidos entram em contato e tentam convencer as pessoas, de que elas têm alguma dívida. Eles passam números de contas e pedem transferências ou depósitos.


De acordo com as informações apuradas, o contato é feito através de aparelhos que têm os números com código de área 49, para que as pessoas não desconfiem.


Conforme o relato de moradores, os golpistas também tentam colher informações pessoais durante as conversas via aplicativo.


Até o momento não há registro de pessoas que tenham feito algum depósito. A orientação das autoridades é a de que as pessoas não façam depósitos ou transferências. Também é ideal que quem for acionado e desconfiar, registre Boletim de Ocorrência.


Com informações: Magronada