Polícia

15 set 21 | 6h20 Por André Krüger

Caso de estupro de homem está sendo investigado pela Polícia Civil de Concórdia

Suposto crime teria ocorrido no dia 3 de setembro e o agressor seria o tio da vítima

Caso de estupro de homem está sendo investigado pela Polícia Civil de Concórdia
Imprimir

A Delegacia de Polícia Civil de Concórdia já iniciou a investigação de um caso de estupro de homem, cuja idade não foi informada. Segundo informações apuradas pelo Jornalismo da Aliança FM, um Inquérito policial já foi aberto para apurar os fatos. Testemunhas estão sendo ouvidas e o delegado aguada o laudo pericial para dar os próximos passos. O crime teria acontecido no interior da residência da vítima no último dia 3.


Conforme informado pela Aliança FM, a vítima disse que chegou em casa e percebeu que a mesma estaria revirada. Nisso, ele foi dominado pelo agressor que supostamente usou um pano embebecido com um produto, que o fez desmaiar. Quando recobrou a consciência, ele disse que estava sem roupas.


O suposto agressor, tio da vítima, teria ameaçado a família do mesmo, caso chamasse a polícia. O homem, vítima do suposto estupro, saiu da casa e chamou o Corpo de Bombeiros, que por sua vez fez a condução ao hospital e acionou a PM.

15 set 21 | 6h20 Por André Krüger

Caso de estupro de homem está sendo investigado pela Polícia Civil de Concórdia

Suposto crime teria ocorrido no dia 3 de setembro e o agressor seria o tio da vítima

Caso de estupro de homem está sendo investigado pela Polícia Civil de Concórdia

A Delegacia de Polícia Civil de Concórdia já iniciou a investigação de um caso de estupro de homem, cuja idade não foi informada. Segundo informações apuradas pelo Jornalismo da Aliança FM, um Inquérito policial já foi aberto para apurar os fatos. Testemunhas estão sendo ouvidas e o delegado aguada o laudo pericial para dar os próximos passos. O crime teria acontecido no interior da residência da vítima no último dia 3.


Conforme informado pela Aliança FM, a vítima disse que chegou em casa e percebeu que a mesma estaria revirada. Nisso, ele foi dominado pelo agressor que supostamente usou um pano embebecido com um produto, que o fez desmaiar. Quando recobrou a consciência, ele disse que estava sem roupas.


O suposto agressor, tio da vítima, teria ameaçado a família do mesmo, caso chamasse a polícia. O homem, vítima do suposto estupro, saiu da casa e chamou o Corpo de Bombeiros, que por sua vez fez a condução ao hospital e acionou a PM.