Plantão

17 fev 20 | 17h20 Por André Krüger / Jocimar Soares

Temporal, estragos e transtornos em Concórdia

Chuva forte atingiu a região próxima da BR 153 na tarde desta segunda-feira, dia 17.

Temporal, estragos e transtornos em Concórdia
Imprimir

O forte temporal que caiu em parte da cidade de Concórdia provocou estragos, transtornos e prejuízos pontuais, na tarde desta segunda-feira, dia 17. A região mais atingida compreende parte do bairro São Cristóvão, loteamentos Bussolaro e Frei Lency e Vila Jacob Biezus. Houve destelhamentos de casas e mais de 100 unidades consumidoras nesta região ficaram sem energia elétrica por algumas horas.


Em alguns imóveis, a água da chuva invadiu e provocou estragos por causa do destelhamento parcial. Isso aconteceu em casas e empresas. Também houve queda de árvores sobre via pública, além de postes de energia elétrica que ficaram danificados.


Uma parte do telhado da Escola Irmão Miguel, da Vila Jacob Biezus também foi arrancada e alguns alunos tiveram que ser realocados para outras salas de aula.


O Corpo de Bombeiros Voluntários de Concórdia também foram chamados para o atendimento dessa ocorrência e auxiliou na cobertura dos imóveis.

17 fev 20 | 17h20 Por André Krüger / Jocimar Soares

Temporal, estragos e transtornos em Concórdia

Chuva forte atingiu a região próxima da BR 153 na tarde desta segunda-feira, dia 17.

Temporal, estragos e transtornos em Concórdia

O forte temporal que caiu em parte da cidade de Concórdia provocou estragos, transtornos e prejuízos pontuais, na tarde desta segunda-feira, dia 17. A região mais atingida compreende parte do bairro São Cristóvão, loteamentos Bussolaro e Frei Lency e Vila Jacob Biezus. Houve destelhamentos de casas e mais de 100 unidades consumidoras nesta região ficaram sem energia elétrica por algumas horas.


Em alguns imóveis, a água da chuva invadiu e provocou estragos por causa do destelhamento parcial. Isso aconteceu em casas e empresas. Também houve queda de árvores sobre via pública, além de postes de energia elétrica que ficaram danificados.


Uma parte do telhado da Escola Irmão Miguel, da Vila Jacob Biezus também foi arrancada e alguns alunos tiveram que ser realocados para outras salas de aula.


O Corpo de Bombeiros Voluntários de Concórdia também foram chamados para o atendimento dessa ocorrência e auxiliou na cobertura dos imóveis.