Plantão

24 set 19 | 8h18 Por Cristiano Mortari

Família de mulher que foi atropelada e teve morte cerebral confirmada, autoriza a doação de órgãos

Equipe de captação esteve em Concórdia na madrugada desta terça-feira

Família de mulher que foi atropelada e teve morte cerebral confirmada, autoriza a doação de órgãos
Imprimir

Uma equipe médica da SC Transplantes de Florianópolis esteve em Concórdia na madrugada desta terça-feira, dia 24, para fazer a captação de órgão de Eunice Retamar, de 53 anos, que teve morte cerebral confirmada na noite de segunda-feira. Ela foi atropelada na noite de sexta-feira, dia 20, na Rua Tancredo de Almeida Neves. Os familiares autorizaram a doação e rins e o fígado foram captados.


O avião com os médicos pousou no Aeroporto Municipal por volta de 01:45h. O trabalho da equipe foi realizado durante a madrugada e a aeronave decolou às 06h.


Eunice estava internada em estado grave depois de ser atropelada quando atravessava na faixa de segurança na Tancredo de Almeida Neves, nas proximidades do Hotel Zanardi. Ela foi atropelada por um Fiesta, placas de Concórdia e o motorista parou para prestar auxílio até a chegada dos Bombeiros e do Samu. Ela foi encaminhada ao Pronto-Socorro com suspeita de traumatismo craniano e hemorragia interna. Ela foi internada na UTI e chegou a passar por cirurgias, mas não reagiu aos procedimentos.


Eunice Retamar trabalhava no Grupo Escolar Cinquentenário há mais de 10 anos. As aulas foram canceladas nesta terça-feira. O velório será realizado na Capela do bairro Nazaré.  O sepultamento acontece às 16h no cemitério Parque de Concórdia.

24 set 19 | 8h18 Por Cristiano Mortari

Família de mulher que foi atropelada e teve morte cerebral confirmada, autoriza a doação de órgãos

Equipe de captação esteve em Concórdia na madrugada desta terça-feira

Família de mulher que foi atropelada e teve morte cerebral confirmada, autoriza a doação de órgãos

Uma equipe médica da SC Transplantes de Florianópolis esteve em Concórdia na madrugada desta terça-feira, dia 24, para fazer a captação de órgão de Eunice Retamar, de 53 anos, que teve morte cerebral confirmada na noite de segunda-feira. Ela foi atropelada na noite de sexta-feira, dia 20, na Rua Tancredo de Almeida Neves. Os familiares autorizaram a doação e rins e o fígado foram captados.


O avião com os médicos pousou no Aeroporto Municipal por volta de 01:45h. O trabalho da equipe foi realizado durante a madrugada e a aeronave decolou às 06h.


Eunice estava internada em estado grave depois de ser atropelada quando atravessava na faixa de segurança na Tancredo de Almeida Neves, nas proximidades do Hotel Zanardi. Ela foi atropelada por um Fiesta, placas de Concórdia e o motorista parou para prestar auxílio até a chegada dos Bombeiros e do Samu. Ela foi encaminhada ao Pronto-Socorro com suspeita de traumatismo craniano e hemorragia interna. Ela foi internada na UTI e chegou a passar por cirurgias, mas não reagiu aos procedimentos.


Eunice Retamar trabalhava no Grupo Escolar Cinquentenário há mais de 10 anos. As aulas foram canceladas nesta terça-feira. O velório será realizado na Capela do bairro Nazaré.  O sepultamento acontece às 16h no cemitério Parque de Concórdia.