Opinião

24 abr 21 | 8h43

Se você pudesse escolher, quem você vacinaria hoje? Conte isso para as pessoas!

Se você pudesse escolher, quem você vacinaria hoje? Conte isso para as pessoas!
Imprimir

Desde que a pandemia iniciou uma das coisas que mais esperávamos era a vacina contra a Covid-19. Muitas pessoas no mundo só se deram conta da importância da ciência, dos cientistas e dos pesquisadores, quando entenderam que precisamos de estudos e pesquisa para que um imunizante seja desenvolvido. Pois é, as vacinas já estão sendo produzidas! Se analisarmos o número de pessoas que perderam a vida por causa da doença, parece que demorou demais para que um medicamento eficaz fosse elaborado. Porém, se conversarmos com um cientista, ou qualquer profissional da área da saúde, vamos entender que desenvolver uma vacina em um ano, foi rápido demais. Sim, geralmente os estudos levam anos para que um medicamento seja elaborado, testado e liberado!!

 

Mas o fato é que temos vacinas e temos vacinação. Elas estão sendo fabricadas e aplicadas e essa é a melhor notícia que temos no momento. É verdade que a corrida é muito desleal. Sim, pois o vírus é de fácil disseminação e em muitos casos pode levar à morte em poucos dias. Já a vacinação segue em passos lentos. Não a logística e nem a aplicação, estas estão andando super bem! A vacina chega e de imediato os grupos são convocados para a aplicação. Falo de Concórdia e também dos municípios da região. Porém, os passos lentos ficam na questão de disponibilidade de doses. O mundo todo quer, o mundo todo busca e por isso as fabricantes não dão conta de toda a demanda. E aí, as doses vão chegando em pequenas remessas, em conta gotas.

 

Não vou entrar aqui na questão de compra de vacinas. A discussão sobre os países que se adiantaram, os que se atrasaram, as brigas políticas em torno do produto. Quero focar na realidade atual, que é essa, de vacinas que existem e que estão chegando.

 

A vacinação acontece de acordo com protocolos que estabelecem grupos prioritários, como idosos, profissionais de saúde e de segurança, por exemplo. Imagino que você, assim como eu, quer ser vacinado o quanto antes, mas imagino também, que você tem algumas pessoas que gostaria de ver vacinados. Eu quero que minha família seja vacinada! Com certeza a maioria das pessoas pensa nos familiares também!

 

Mas a pergunta que deixo para a reflexão é: Se você tivesse o poder de escolher, quem você vacinaria hoje? Pense aí... Sim, seus pais, filhos, irmãos, avós, namorada, namorado, amigos. Além de pensar, conte para as pessoas que você quer que recebam a vacina logo, que se pudesse, você faria isso por elas. Vai ser como um abraço, este que não dá pra dar agora!!

 

Siga se cuidando!! 

Cristiano Mortari
Conexão Regional

Outras publicações

24 abr 21 | 8h43 Por Cristiano Mortari

Se você pudesse escolher, quem você vacinaria hoje? Conte isso para as pessoas!

Se você pudesse escolher, quem você vacinaria hoje? Conte isso para as pessoas!

Desde que a pandemia iniciou uma das coisas que mais esperávamos era a vacina contra a Covid-19. Muitas pessoas no mundo só se deram conta da importância da ciência, dos cientistas e dos pesquisadores, quando entenderam que precisamos de estudos e pesquisa para que um imunizante seja desenvolvido. Pois é, as vacinas já estão sendo produzidas! Se analisarmos o número de pessoas que perderam a vida por causa da doença, parece que demorou demais para que um medicamento eficaz fosse elaborado. Porém, se conversarmos com um cientista, ou qualquer profissional da área da saúde, vamos entender que desenvolver uma vacina em um ano, foi rápido demais. Sim, geralmente os estudos levam anos para que um medicamento seja elaborado, testado e liberado!!

 

Mas o fato é que temos vacinas e temos vacinação. Elas estão sendo fabricadas e aplicadas e essa é a melhor notícia que temos no momento. É verdade que a corrida é muito desleal. Sim, pois o vírus é de fácil disseminação e em muitos casos pode levar à morte em poucos dias. Já a vacinação segue em passos lentos. Não a logística e nem a aplicação, estas estão andando super bem! A vacina chega e de imediato os grupos são convocados para a aplicação. Falo de Concórdia e também dos municípios da região. Porém, os passos lentos ficam na questão de disponibilidade de doses. O mundo todo quer, o mundo todo busca e por isso as fabricantes não dão conta de toda a demanda. E aí, as doses vão chegando em pequenas remessas, em conta gotas.

 

Não vou entrar aqui na questão de compra de vacinas. A discussão sobre os países que se adiantaram, os que se atrasaram, as brigas políticas em torno do produto. Quero focar na realidade atual, que é essa, de vacinas que existem e que estão chegando.

 

A vacinação acontece de acordo com protocolos que estabelecem grupos prioritários, como idosos, profissionais de saúde e de segurança, por exemplo. Imagino que você, assim como eu, quer ser vacinado o quanto antes, mas imagino também, que você tem algumas pessoas que gostaria de ver vacinados. Eu quero que minha família seja vacinada! Com certeza a maioria das pessoas pensa nos familiares também!

 

Mas a pergunta que deixo para a reflexão é: Se você tivesse o poder de escolher, quem você vacinaria hoje? Pense aí... Sim, seus pais, filhos, irmãos, avós, namorada, namorado, amigos. Além de pensar, conte para as pessoas que você quer que recebam a vacina logo, que se pudesse, você faria isso por elas. Vai ser como um abraço, este que não dá pra dar agora!!

 

Siga se cuidando!!