Momento Agro

31 jan 20 | 10h55 Por Jocimar Soares

Cade abre investigação contra BRF e JBS após comentários sobre aumento de preços de aves e suínos

Processo trata da suspeita de que as duas companhias estariam formando um cartel no mercado de aves e suínos no país.

Cade abre investigação contra BRF e JBS após comentários sobre aumento de preços de aves e suínos
Imprimir

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) abriu nesta quinta-feira (30) uma investigação contra a BRF (BRFS3) e JBS (JBSS3) por conta de comentários feitos pelos CEOs das duas empresas durante evento do Credit Suisse realizado na véspera.


O processo, assinado pelo presidente do Cade, Alexandre Cordeiro, trata da suspeita de que as duas companhias estariam formando um cartel no mercado de aves e suínos no país.


Durante o evento, Gilberto Tomazoni, CEO da JBS, e Lourival Luz, da BRF, responderam a uma pergunta sobre o preço do milho no mercado brasileiro. Segundo eles, os valores subiram muito e estão pesando sobre os custos, o que deve levar a um repasse para os preços dos produtos, em especial aves e suínos.


Tomazoni explicou durante o painel que a alta da commodity, que é usada na alimentação dos animais, se deu por diversos motivos, incluindo a forte demanda de exportação e o seu uso doméstico para produção de etanol.


Em nota enviada à Bloomberg, a JBS afirmou que não foi notificada da abertura de nenhum processo investigativo no Cade até o momento. Além disso, a empresa disse que rechaça qualquer alegação de prática de cartel.


Já a BRF afirmou que atua de forma ética e íntegra em todos os negócios, tendo segurança em afirmar que age de acordo com as regras concorrenciais.


(Fonte: Infomoney)

31 jan 20 | 10h55 Por Jocimar Soares

Cade abre investigação contra BRF e JBS após comentários sobre aumento de preços de aves e suínos

Processo trata da suspeita de que as duas companhias estariam formando um cartel no mercado de aves e suínos no país.

Cade abre investigação contra BRF e JBS após comentários sobre aumento de preços de aves e suínos

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) abriu nesta quinta-feira (30) uma investigação contra a BRF (BRFS3) e JBS (JBSS3) por conta de comentários feitos pelos CEOs das duas empresas durante evento do Credit Suisse realizado na véspera.


O processo, assinado pelo presidente do Cade, Alexandre Cordeiro, trata da suspeita de que as duas companhias estariam formando um cartel no mercado de aves e suínos no país.


Durante o evento, Gilberto Tomazoni, CEO da JBS, e Lourival Luz, da BRF, responderam a uma pergunta sobre o preço do milho no mercado brasileiro. Segundo eles, os valores subiram muito e estão pesando sobre os custos, o que deve levar a um repasse para os preços dos produtos, em especial aves e suínos.


Tomazoni explicou durante o painel que a alta da commodity, que é usada na alimentação dos animais, se deu por diversos motivos, incluindo a forte demanda de exportação e o seu uso doméstico para produção de etanol.


Em nota enviada à Bloomberg, a JBS afirmou que não foi notificada da abertura de nenhum processo investigativo no Cade até o momento. Além disso, a empresa disse que rechaça qualquer alegação de prática de cartel.


Já a BRF afirmou que atua de forma ética e íntegra em todos os negócios, tendo segurança em afirmar que age de acordo com as regras concorrenciais.


(Fonte: Infomoney)