Geral

05 mai 21 | 10h40 Por Jocimar Soares

Vítimas de chacina são sepultadas na cidade de Saudades

Crime ocorreu na manhã de terça-feira, dia 4

Vítimas de chacina são sepultadas na cidade de Saudades
Imprimir

Foram sepultadas na manhã desta quarta-feira, dia 5, as cinco vítimas da chacina em creche ocorrida na manhã de terça-feira, dia 4, em Saudades. O enterro das duas mulheres e três crianças foi no Cemitério Municipal. O velório foi realizado no Parque de Exposições e o enterro foi às 10h.


Os atos fúnebres tiveram a participação da governadora interina, Daniela Reinehr, que já havia Decretado Luto Oficial de três dias. Havia a possibilidade, do funeral ter a presença da Ministra de Estado da Mulher, Damares Alves, mas isso não se confirmou.


Morreram no ataque a professora Keli Adriane Anieceviski, 30 anos; a auxiliar pedagógica, Mirla Renner, 20 anos; mais as crianças: Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses; Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses; e Murilo Massing, 1 ano e 9 meses.


Elas foram mortas por um jovem de 18 anos, que invadiu o educandário com armas brancas e começou a desferir golpes. O agressor está internado e a Polícia Civil está investigando o caso.

05 mai 21 | 10h40 Por Jocimar Soares

Vítimas de chacina são sepultadas na cidade de Saudades

Crime ocorreu na manhã de terça-feira, dia 4

Vítimas de chacina são sepultadas na cidade de Saudades

Foram sepultadas na manhã desta quarta-feira, dia 5, as cinco vítimas da chacina em creche ocorrida na manhã de terça-feira, dia 4, em Saudades. O enterro das duas mulheres e três crianças foi no Cemitério Municipal. O velório foi realizado no Parque de Exposições e o enterro foi às 10h.


Os atos fúnebres tiveram a participação da governadora interina, Daniela Reinehr, que já havia Decretado Luto Oficial de três dias. Havia a possibilidade, do funeral ter a presença da Ministra de Estado da Mulher, Damares Alves, mas isso não se confirmou.


Morreram no ataque a professora Keli Adriane Anieceviski, 30 anos; a auxiliar pedagógica, Mirla Renner, 20 anos; mais as crianças: Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses; Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses; e Murilo Massing, 1 ano e 9 meses.


Elas foram mortas por um jovem de 18 anos, que invadiu o educandário com armas brancas e começou a desferir golpes. O agressor está internado e a Polícia Civil está investigando o caso.