Geral

30 abr 20 | 21h25 Por Analu Slongo

Secretário de Saúde de SC deixa governo após supostas irregularidades em compra de respiradores

Governo do Estado confirmou em nota pedido de exoneração feito por Helton Zeferino nesta quinta-feira, 30

Secretário de Saúde de SC deixa governo após supostas irregularidades em compra de respiradores
Imprimir

O secretário de Saúde de Santa Catarina, Helton Zeferino, pediu exoneração do cargo no fim da tarde desta quinta-feira (30). A saída dele foi confirmada à noite em nota oficial do governo do Estado. Zeferino deixa o cargo dois dias após a denúncia de supostas irregularidades na compra de 200 respiradores pelo valor de R$ 33 milhões. O valor foi pago adiantado pelo governo do Estado, que ainda não recebeu os equipamentos. A última previsão é de que os aparelhos cheguem ao Estado até 20 de maio. A denúncia foi revelada em reportagem do portal The Intercept Brasil.


O secretário de Saúde também deixa o Estado em meio à pandemia do novo coronavírus. Até a tarde desta quinta, o Estado tinha 48 mortes por causada Covid-19 e 2.394 casos confirmados.


A Assembleia Legislativa (Alesc) aprovou na quinta-feira um requerimento que pedia ao governador Carlos Moisés (PSL) o afastamento do secretário de saúde. Segundo os deputados que assinaram o pedido, a medida seria necessária para garantir transparência às investigações sobre o polêmico processo de compra dos respiradores.


Na nota em que confirma o pedido de exoneração feito pelo então secretário, o governo agradece aos serviços do secretário e lembra que foi na gestão dele que houve uma redução da dívida da saúde do Estado, que chegou a R$ 750 milhões, e parcerias com hospitais filantrópicos.


O Estado também destaca o trabalho feito até aqui no combate à pandemia do coronavírus e conduzido por Zeferino. O nome do novo secretário deve ser divulgado nos próximos dias, segundo o governo de SC.


Fonte: NSC Total


30 abr 20 | 21h25 Por Analu Slongo

Secretário de Saúde de SC deixa governo após supostas irregularidades em compra de respiradores

Governo do Estado confirmou em nota pedido de exoneração feito por Helton Zeferino nesta quinta-feira, 30

Secretário de Saúde de SC deixa governo após supostas irregularidades em compra de respiradores

O secretário de Saúde de Santa Catarina, Helton Zeferino, pediu exoneração do cargo no fim da tarde desta quinta-feira (30). A saída dele foi confirmada à noite em nota oficial do governo do Estado. Zeferino deixa o cargo dois dias após a denúncia de supostas irregularidades na compra de 200 respiradores pelo valor de R$ 33 milhões. O valor foi pago adiantado pelo governo do Estado, que ainda não recebeu os equipamentos. A última previsão é de que os aparelhos cheguem ao Estado até 20 de maio. A denúncia foi revelada em reportagem do portal The Intercept Brasil.


O secretário de Saúde também deixa o Estado em meio à pandemia do novo coronavírus. Até a tarde desta quinta, o Estado tinha 48 mortes por causada Covid-19 e 2.394 casos confirmados.


A Assembleia Legislativa (Alesc) aprovou na quinta-feira um requerimento que pedia ao governador Carlos Moisés (PSL) o afastamento do secretário de saúde. Segundo os deputados que assinaram o pedido, a medida seria necessária para garantir transparência às investigações sobre o polêmico processo de compra dos respiradores.


Na nota em que confirma o pedido de exoneração feito pelo então secretário, o governo agradece aos serviços do secretário e lembra que foi na gestão dele que houve uma redução da dívida da saúde do Estado, que chegou a R$ 750 milhões, e parcerias com hospitais filantrópicos.


O Estado também destaca o trabalho feito até aqui no combate à pandemia do coronavírus e conduzido por Zeferino. O nome do novo secretário deve ser divulgado nos próximos dias, segundo o governo de SC.


Fonte: NSC Total