Concórdia

17 set 19 | 13h36 Por Analu Slongo

Servidora do Sine explica porque o Estado pediu as salas do Ministério do Trabalho

Agências dividem o mesmo prédio há 30 anos e existem queixas de falta de comodidade para o atendimento

Servidora do Sine explica porque o Estado pediu as salas do Ministério do Trabalho
Escute
Imprimir

A necessidade de uma reforma no prédio do Sine continua repercutindo em Concórdia. No Legislativo, o vereador Edno Gonçalves (PDT) sugeriu nesta semana uma parceria entre o governo do Estado e a prefeitura para construir um novo prédio, que também abrigasse as secretarias municipais que estão em imóveis alugados. A servidora do Estado Maria Goreti Lamera fez uma participação durante o Mesa Redonda da Rádio Aliança desta terça-feira, 17 de setembro, e falou sobre a situação do Sine. Ela também explicou porque o governo estadual solicitou que a agência regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que é um órgão federal, busque outro imóvel.


Segundo Maria Goreti, o espaço atual seria adequado para Sine, se a agência regional do Ministério do Trabalho e Emprego não ficasse no mesmo local. Ela pontuou que o governo federal divide o espaço do prédio do Sine há 30 anos, sem custo nenhum, e nem divide as despesas de energia elétrica e água, por exemplo.  


A deputada estadual Paulinha da Silva (PDT) esteve em Concórdia nos últimos dias e sugere um envolvimento maior do governo municipal nesta causa. (Ouça o áudio acima).



17 set 19 | 13h36 Por Analu Slongo

Servidora do Sine explica porque o Estado pediu as salas do Ministério do Trabalho

Agências dividem o mesmo prédio há 30 anos e existem queixas de falta de comodidade para o atendimento

Servidora do Sine explica porque o Estado pediu as salas do Ministério do Trabalho

A necessidade de uma reforma no prédio do Sine continua repercutindo em Concórdia. No Legislativo, o vereador Edno Gonçalves (PDT) sugeriu nesta semana uma parceria entre o governo do Estado e a prefeitura para construir um novo prédio, que também abrigasse as secretarias municipais que estão em imóveis alugados. A servidora do Estado Maria Goreti Lamera fez uma participação durante o Mesa Redonda da Rádio Aliança desta terça-feira, 17 de setembro, e falou sobre a situação do Sine. Ela também explicou porque o governo estadual solicitou que a agência regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que é um órgão federal, busque outro imóvel.


Segundo Maria Goreti, o espaço atual seria adequado para Sine, se a agência regional do Ministério do Trabalho e Emprego não ficasse no mesmo local. Ela pontuou que o governo federal divide o espaço do prédio do Sine há 30 anos, sem custo nenhum, e nem divide as despesas de energia elétrica e água, por exemplo.  


A deputada estadual Paulinha da Silva (PDT) esteve em Concórdia nos últimos dias e sugere um envolvimento maior do governo municipal nesta causa. (Ouça o áudio acima).