Concórdia

24 jan 20 | 16h20 Por Analu Slongo

Concórdia tem o pior dezembro dos últimos 10 anos na geração de emprego, segundo o Caged

Números apontam saldo negativo de 885 vagas de trabalho no mês passado. No acumulado do ano foram criadas 1,2 mil oportunidades

Concórdia tem o pior dezembro dos últimos 10 anos na geração de emprego, segundo o Caged
Escute
Imprimir

O saldo da geração de emprego em Concórdia divulgado pelo Caged nesta sexta-feira, 24 de janeiro, chamou a atenção por ser a pior média para um mês de dezembro nos últimos 10 anos. No balanço das contratações (839) e demissões (1.724), o saldo negativo é de 885 oportunidades de trabalho.


Quem liderou este número foi a indústria da transformação com 275 desligamentos. Essas demissões são esperadas em dezembro já que muitas empresas encerram os contratos temporários que são firmados para as produções específicas de fim de ano. Os 279 desligamentos da administração pública também são aguardados com encerramento dos contratos dos professores ACT’s.


A dificuldade para visualizar na prática é o saldo negativo de 143 vagas de trabalho na construção civil e 156 na prestação de serviços. A Seta Engenharia transferiu a matriz da empresa para Florianópolis em dezembro e, segundo os números repassados ao Jornalismo da Aliança, somente 11 funcionários migraram da empresa de construção civil que tinha sede em Concórdia e agora está na capital.


O comércio também teve saldo negativo de 30 opções de emprego em dezembro. Foram 227 contratações e 257 demissões.


Saldo do ano positivo no ano


No acumulado do ano de 2019 o balanço da geração de emprego em Concórdia é positivo, com a criação de 1,2 mil novas oportunidades de trabalho.



Números de janeiro na última década


·       Dezembro 2019: - 885 vagas

·       Dezembro 2018: - 535 vagas

·       Dezembro 2017: - 503 vagas

·       Dezembro 2016: - 535 vagas

·       Dezembro 2015: - 655 vagas

·       Dezembro 2014: - 635 vagas

·       Dezembro 2013: - 856 vagas

·       Dezembro 2012: - 338 vagas

·       Dezembro 2011: - 214 vagas

·       Dezembro 2010: - 295 vagas

·       Dezembro 2009: - 600 vagas

24 jan 20 | 16h20 Por Analu Slongo

Concórdia tem o pior dezembro dos últimos 10 anos na geração de emprego, segundo o Caged

Números apontam saldo negativo de 885 vagas de trabalho no mês passado. No acumulado do ano foram criadas 1,2 mil oportunidades

Concórdia tem o pior dezembro dos últimos 10 anos na geração de emprego, segundo o Caged

O saldo da geração de emprego em Concórdia divulgado pelo Caged nesta sexta-feira, 24 de janeiro, chamou a atenção por ser a pior média para um mês de dezembro nos últimos 10 anos. No balanço das contratações (839) e demissões (1.724), o saldo negativo é de 885 oportunidades de trabalho.


Quem liderou este número foi a indústria da transformação com 275 desligamentos. Essas demissões são esperadas em dezembro já que muitas empresas encerram os contratos temporários que são firmados para as produções específicas de fim de ano. Os 279 desligamentos da administração pública também são aguardados com encerramento dos contratos dos professores ACT’s.


A dificuldade para visualizar na prática é o saldo negativo de 143 vagas de trabalho na construção civil e 156 na prestação de serviços. A Seta Engenharia transferiu a matriz da empresa para Florianópolis em dezembro e, segundo os números repassados ao Jornalismo da Aliança, somente 11 funcionários migraram da empresa de construção civil que tinha sede em Concórdia e agora está na capital.


O comércio também teve saldo negativo de 30 opções de emprego em dezembro. Foram 227 contratações e 257 demissões.


Saldo do ano positivo no ano


No acumulado do ano de 2019 o balanço da geração de emprego em Concórdia é positivo, com a criação de 1,2 mil novas oportunidades de trabalho.



Números de janeiro na última década


·       Dezembro 2019: - 885 vagas

·       Dezembro 2018: - 535 vagas

·       Dezembro 2017: - 503 vagas

·       Dezembro 2016: - 535 vagas

·       Dezembro 2015: - 655 vagas

·       Dezembro 2014: - 635 vagas

·       Dezembro 2013: - 856 vagas

·       Dezembro 2012: - 338 vagas

·       Dezembro 2011: - 214 vagas

·       Dezembro 2010: - 295 vagas

·       Dezembro 2009: - 600 vagas