Concórdia

10 jan | 16h55 Por Rádio Aliança

Chuva e vento derrubam árvores, destelham casas em Concórdia

Bombeiros Voluntários foram acionados para várias ocorrências. Água na pista deixa motoristas em alerta

Chuva e vento derrubam árvores, destelham casas em Concórdia
Imprimir

A chuva e o vento que atingiram Concórdia na tarde desta quinta-feira, dia 10, causaram transtornos em alguns locais da cidade. Mesmo que o tempo de chuva não tenha sido muito grande, árvores caíram, casas foram destelhadas e, como de costume, alguns pontos ficaram alagados.

 

De acordo com informações dos Bombeiros, gurnições retiraram 14 árvores que caíram sobre a pista em Concórdia. O trabalho também foi intenso no auxílio a moradores que tiverm as casas destelhadas pelo vento. Foram 27 registros, onde houve distribuição de lona.

 

 Além do centro, os Bombeiros Voluntários receberam chamados dos bairros Santa Rita, Santa Cruz, Poente do Sol , Colibri e Natureza. No Guilherme Reich o vento danificou um abrigo de passageiros. A corporação também realizou a retirada de árvores das SC 390, sentido Embrapa e na BR 153.

 

Alguns locais em Concórdia ficaram sem energia. A maior cidade da Amauc chegou a ter quatro mil unidades desabastecidas, por alguns instantes. Irani, cerca de duas mil. Os municípios de Arabutã, Seara, Lindóia do Sul e Ipumirim também tiveram pontos de falta de luz, em função da vegetação ter rompido dos cabos de energia elétrica com a força do vento.

 

 

10 jan | 16h55 Por Rádio Aliança

Chuva e vento derrubam árvores, destelham casas em Concórdia

Bombeiros Voluntários foram acionados para várias ocorrências. Água na pista deixa motoristas em alerta

Chuva e vento derrubam árvores, destelham casas em Concórdia

A chuva e o vento que atingiram Concórdia na tarde desta quinta-feira, dia 10, causaram transtornos em alguns locais da cidade. Mesmo que o tempo de chuva não tenha sido muito grande, árvores caíram, casas foram destelhadas e, como de costume, alguns pontos ficaram alagados.

 

De acordo com informações dos Bombeiros, gurnições retiraram 14 árvores que caíram sobre a pista em Concórdia. O trabalho também foi intenso no auxílio a moradores que tiverm as casas destelhadas pelo vento. Foram 27 registros, onde houve distribuição de lona.

 

 Além do centro, os Bombeiros Voluntários receberam chamados dos bairros Santa Rita, Santa Cruz, Poente do Sol , Colibri e Natureza. No Guilherme Reich o vento danificou um abrigo de passageiros. A corporação também realizou a retirada de árvores das SC 390, sentido Embrapa e na BR 153.

 

Alguns locais em Concórdia ficaram sem energia. A maior cidade da Amauc chegou a ter quatro mil unidades desabastecidas, por alguns instantes. Irani, cerca de duas mil. Os municípios de Arabutã, Seara, Lindóia do Sul e Ipumirim também tiveram pontos de falta de luz, em função da vegetação ter rompido dos cabos de energia elétrica com a força do vento.