ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Foto: Arquivo da família
Morre concordiense que teve 70% do corpo queimado em Rondônia
Empresário Dolir Lorenzetti faleceu na manhã desta sexta-feira, 17 de maio
Publicado 17/05/2019
 

Por Analu Slongo

O concordiense Dolir Lorenzetti, 54 anos, morreu no fim da manhã desta sexta-feira, 17 de maio, em Ariquemes, Rondônia. Lorenzetti estava hospitalizado desde a madrugada da quarta-feira, 8 de maio, quando teve 70% do corpo queimado ao tentar apagar um incêndio dentro da própria loja de piscinas.

 

O empresário Dolir Lorenzetti era casado com Nelva Saleta Dahmer e residia em Rondônia há 20 anos. Alguns irmãos de Lorenzetti também moram em Ariquemes. O sepultamento vai ocorrer em Rondônia às 15h30 deste sábado.

 

O incêndio que vitimou o concordiense ocorreu na semana passada. O fogo começou no depósito da loja e o vigia da empresa percebeu o incêndio, quando chamou o proprietário que morava ao lado. Lorenzetti entrou na loja pela porta do fundo para tentar apagar o fogo, mas parte do teto desabou e deixou ele preso na loja. Para se salvar, Lorenzetti usou o extintor que havia pegado para apagar as chamas e quebrou a porta de vidro da frente. Além das queimaduras, o empresário inalou fumaça tóxica.

 

 

COMENTE