ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Foto Divulgação
Para Pastore, relatório não condiz com a realiadade
Diretor do Presídio Regional de Concórdia contesta a classificação de péssima para a unidade local
Publicado 14/06/2017
 

Por André Kruger


O administrador do Presídio regional de Concórdia, Rodrigo Pastore, recebeu os resultados apontados pelo levantamento do Geopresídios, do Conselho nacional de Justiça, que classificou a unidade local como péssima. Segundo Pastore isso não condiz com a realidade do Presídio Regional de Concórdia. O levantamento foi divulgado pelo CNJ e publicado na tarde da terça-feira, dia 13, site da Rádio Aliança.

 

Segundo o administrador ele desconhece o relatório e os critérios utilizados pelo Geopresídios para elaborar o documento. Ele acrescentou que os resultados mostrados no relatório são muito diferentes do que mostra a realidade do estabelecimento no município. Para Rodrigo Pastore, quem produziu o levantamento não conhece o dia a dia do local do Presídio de Concórdia.

 

Na entrevista concedida ao jornalismo da Rádio Aliança, Pastore enumera as ações diárias realizadas pela unidade prisional. “Com relação ao trabalho dos reeducando, o mesmo é facultado para manifestar interesse. Além dos serviços de manutenção interna, o presídio mantém convênio com seis empresas de iniciativa privada, onde mais de 90 reeducados são contemplados”, afirma Rodrigo.

 

O administrador lembra que o presídio, tem pareceria com o (CEJA) Centro de Educação de Jovens e Adultos, oferecendo aos apenados cursos de nível fundamental e médio, em duas salas de aula, com aulas de segunda a sexta. Outro ponto identificado pelo administrador foi a alimentação dos reeducandos que é feita com acompanhamento de nutricionista e que conta ainda um médico à disposição todas as terças-feiras.

COMENTE