Região

19 ago 19 | 10h02 Por Cristiano Mortari

Prefeitura de Piratuba lança licitação para recuperação de parte do asfalto de acesso à Usina

Empresas devem apresentar propostas até o dia 20 de setembro. São cerca de 10 quilômetros de pavimentação

Prefeitura de Piratuba lança licitação para recuperação de parte do asfalto de acesso à Usina
Imprimir

A prefeitura de Piratuba lançou, recentemente, o processo de licitação para a obra de pavimentação do acesso à Usina Hidroelétrica Machadinho. O asfalto, que liga o município ao RS tem aproximadamente 20 quilômetros e está precário há vários anos. As empresas interessadas na obra devem entregar as propostas até o dia 20 de setembro.


O secretário de Administração e Finanças da Prefeitura de Piratuba, Giovani Meneghel, relatou em entrevista à Rádio Aliança, que a licitação lançada prevê cerca de 10 quilômetros de pavimentação. “O trecho que liga o município à Usina é de aproximadamente 20 quilômetros, mas neste momento temos condições de recuperar a metade. O projeto prevê um investimento de R$ 7,1 milhões”, contou. “O valor já está garantido através de um financiamento que já viabilizamos”, destacou Meneghel.


Ainda conforme o secretário, a Prefeitura pretende dar a ordem de serviço ainda neste ano. “A gente precisa aguardar os trâmites legais. A gente sabe que é uma licitação de um valor alto e deve atrair as empresas. A abertura das propostas acontece no dia 20 de setembro e nosso objetivo é assinar a ordem de serviço que assim que a licitação for concluída e homologada”, adiantou Meneghel.


A licitação está dividida em três lotes. Um para pavimentar o trecho de Linha São Paulo até Zonalta, com 1.900 metros, outro de Zonalta até o “Pinheiro” do Acesso Sul, com mais 5.420 metros, e ainda, do Pinheiro até as proximidades do acesso a Comunidade de Lageado Mariano, com 2.500 metros de asfalto. “Em resumo, a ideia é revitalizar neste momento, do acesso ao Mariano até Linha São Paulo. É importante falar sobre isso, todo o trecho precisa revitalização, mas no momento podemos fazer a metade. Sentamos, avaliamos e entendemos que fazendo primeiro esta parte, vamos beneficiar os turistas e vários moradores, como os de Nova Beleza, Lageado Mariano, Uruguai, Zonalta, Linha São Paulo e Arroio Bonito. Também levamos em consideração a questão do transporte escolar, que utiliza bastante este trecho”, detalhou Giovani.


Sobre os recursos para a obra, o secretário destacou que o município financiou, mas ainda busca recursos das esferas estadual e federal. “É importante ressaltar que há muito tempo o município tenta recursos nos governos Federal e Estadual, mas como não foram viabilizados, nós encaminhamos este financiamento. Sabemos que é dinheiro de Piratuba, mas é o que o município pode fazer no momento. Mas ainda estamos tentando sensibilizar as autoridades estaduais e federais para que nos ajudem com recursos”, frisou Meneghel. 

19 ago 19 | 10h02 Por Cristiano Mortari

Prefeitura de Piratuba lança licitação para recuperação de parte do asfalto de acesso à Usina

Empresas devem apresentar propostas até o dia 20 de setembro. São cerca de 10 quilômetros de pavimentação

Prefeitura de Piratuba lança licitação para recuperação de parte do asfalto de acesso à Usina

A prefeitura de Piratuba lançou, recentemente, o processo de licitação para a obra de pavimentação do acesso à Usina Hidroelétrica Machadinho. O asfalto, que liga o município ao RS tem aproximadamente 20 quilômetros e está precário há vários anos. As empresas interessadas na obra devem entregar as propostas até o dia 20 de setembro.


O secretário de Administração e Finanças da Prefeitura de Piratuba, Giovani Meneghel, relatou em entrevista à Rádio Aliança, que a licitação lançada prevê cerca de 10 quilômetros de pavimentação. “O trecho que liga o município à Usina é de aproximadamente 20 quilômetros, mas neste momento temos condições de recuperar a metade. O projeto prevê um investimento de R$ 7,1 milhões”, contou. “O valor já está garantido através de um financiamento que já viabilizamos”, destacou Meneghel.


Ainda conforme o secretário, a Prefeitura pretende dar a ordem de serviço ainda neste ano. “A gente precisa aguardar os trâmites legais. A gente sabe que é uma licitação de um valor alto e deve atrair as empresas. A abertura das propostas acontece no dia 20 de setembro e nosso objetivo é assinar a ordem de serviço que assim que a licitação for concluída e homologada”, adiantou Meneghel.


A licitação está dividida em três lotes. Um para pavimentar o trecho de Linha São Paulo até Zonalta, com 1.900 metros, outro de Zonalta até o “Pinheiro” do Acesso Sul, com mais 5.420 metros, e ainda, do Pinheiro até as proximidades do acesso a Comunidade de Lageado Mariano, com 2.500 metros de asfalto. “Em resumo, a ideia é revitalizar neste momento, do acesso ao Mariano até Linha São Paulo. É importante falar sobre isso, todo o trecho precisa revitalização, mas no momento podemos fazer a metade. Sentamos, avaliamos e entendemos que fazendo primeiro esta parte, vamos beneficiar os turistas e vários moradores, como os de Nova Beleza, Lageado Mariano, Uruguai, Zonalta, Linha São Paulo e Arroio Bonito. Também levamos em consideração a questão do transporte escolar, que utiliza bastante este trecho”, detalhou Giovani.


Sobre os recursos para a obra, o secretário destacou que o município financiou, mas ainda busca recursos das esferas estadual e federal. “É importante ressaltar que há muito tempo o município tenta recursos nos governos Federal e Estadual, mas como não foram viabilizados, nós encaminhamos este financiamento. Sabemos que é dinheiro de Piratuba, mas é o que o município pode fazer no momento. Mas ainda estamos tentando sensibilizar as autoridades estaduais e federais para que nos ajudem com recursos”, frisou Meneghel.