Região

15 fev 21 | 10h21 Por Cristiano Mortari

Prefeitura de Ipira isenta taxas municipais para microempreendedores individuais

Os MEIs precisam apresentar um certificado na Prefeitura, para ter acesso ao benefício

Prefeitura de Ipira isenta taxas municipais para microempreendedores individuais
Imprimir

O prefeito de Ipira, Marcelo Baldissera, assinou um decreto, na quinta-feira, dia 11, que isenta taxas municipais para microempreendedores individuais, os MEIs. O documento já foi publicado e está em vigor.


É considerado MEI, o empreendedor que fatura até R$ 81 mil ao ano. Com o decreto, em Ipira ele não precisa mais pagar as taxas de abertura, inscrição, registro, funcionamento, alvará, licença, cadastro, alterações e procedimentos de encerramento da empresa. “Isentamos as taxas pra ajudar a minimizar o impacto no cenário econômico que a pandemia tem gerado às empresas. Isso auxilia a categoria a manter seus negócios. Nós temos um compromisso assumido, para apoiar o desenvolvimento local, trabalhando em ações que podem aumentar o número de empresas no município, a rentabilidade e a geração de empregos em Ipira”, relatou Baldissera em entrevista à Aliança FM.


Essa isenção será concedida a todas as empresas que apresentarem junto ao município, o Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CMEI). Este certificado é emitido no site do Governo Federal, nos links “Empresas e Negócios”, “Emissão de Comprovante (CCMEI)”. De acordo a assessora de Planejamento de Ipira, Manuella Mazzocco, os MEIs que tiverem dificuldade em emitir o Certificado, podem solicitar auxílio na Prefeitura.


15 fev 21 | 10h21 Por Cristiano Mortari

Prefeitura de Ipira isenta taxas municipais para microempreendedores individuais

Os MEIs precisam apresentar um certificado na Prefeitura, para ter acesso ao benefício

Prefeitura de Ipira isenta taxas municipais para microempreendedores individuais

O prefeito de Ipira, Marcelo Baldissera, assinou um decreto, na quinta-feira, dia 11, que isenta taxas municipais para microempreendedores individuais, os MEIs. O documento já foi publicado e está em vigor.


É considerado MEI, o empreendedor que fatura até R$ 81 mil ao ano. Com o decreto, em Ipira ele não precisa mais pagar as taxas de abertura, inscrição, registro, funcionamento, alvará, licença, cadastro, alterações e procedimentos de encerramento da empresa. “Isentamos as taxas pra ajudar a minimizar o impacto no cenário econômico que a pandemia tem gerado às empresas. Isso auxilia a categoria a manter seus negócios. Nós temos um compromisso assumido, para apoiar o desenvolvimento local, trabalhando em ações que podem aumentar o número de empresas no município, a rentabilidade e a geração de empregos em Ipira”, relatou Baldissera em entrevista à Aliança FM.


Essa isenção será concedida a todas as empresas que apresentarem junto ao município, o Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CMEI). Este certificado é emitido no site do Governo Federal, nos links “Empresas e Negócios”, “Emissão de Comprovante (CCMEI)”. De acordo a assessora de Planejamento de Ipira, Manuella Mazzocco, os MEIs que tiverem dificuldade em emitir o Certificado, podem solicitar auxílio na Prefeitura.