Região

16 out 20 | 13h58 Por Cristiano Mortari

Golpe - Suposta fábrica de máscaras está pedindo doações em nome do Hospital de Ipumirim

Direção da instituição de saúde alerta que não autorizou ninguém a pedir dinheiro e não está precisando de auxílio

Golpe - Suposta fábrica de máscaras está pedindo doações em nome do Hospital de Ipumirim
Imprimir

O Hospital São Camilo de Ipumirim está alertando empresas e moradores do município, para um possível golpe que pode estar sendo aplicado na cidade. Representantes de uma empresa estão fazendo contato com moradores de Ipumirim e solicitando dinheiro. Eles dizem que estão fabricando máscaras que serão doadas ao Hospital. A direção da instituição de saúde diz que não está precisando de doações e também não autorizou nenhuma fábrica a utilizar o nome do Hospital.


A Rádio Aliança fez contato com o diretor do Hospital São Camilo de Ipumirim, Jean Carlo Del Posso. Ele confirmou que pessoas, que se dizem representantes de uma fábrica, até fizeram contato com o Hospital falando que produzem as máscaras “face shield”, aquela feita com uma aba plástica. Mas ele destaca que não autorizou nenhuma fabricação ou pedido de doação para o Hospital.


O administrador esclarece que o pedido de doação usando o nome do Hospital é ilícita. “Não estamos necessitando de doações e também não autorizamos nenhuma empresa terceira a usar o nome da entidade São Camilo de Ipumirim para pedir auxílio. Certamente se trata de pessoas estelionatárias que utilizam o nome de empresas ou criam uma empresa fantasma para se beneficiar”, ressalta Jean.


A orientação de Del Posso é a que se alguém receber qualquer pedido de auxílio financeiro, utilizando o nome do Hospital de Ipumirim, que denuncie para a Polícia.


16 out 20 | 13h58 Por Cristiano Mortari

Golpe - Suposta fábrica de máscaras está pedindo doações em nome do Hospital de Ipumirim

Direção da instituição de saúde alerta que não autorizou ninguém a pedir dinheiro e não está precisando de auxílio

Golpe - Suposta fábrica de máscaras está pedindo doações em nome do Hospital de Ipumirim

O Hospital São Camilo de Ipumirim está alertando empresas e moradores do município, para um possível golpe que pode estar sendo aplicado na cidade. Representantes de uma empresa estão fazendo contato com moradores de Ipumirim e solicitando dinheiro. Eles dizem que estão fabricando máscaras que serão doadas ao Hospital. A direção da instituição de saúde diz que não está precisando de doações e também não autorizou nenhuma fábrica a utilizar o nome do Hospital.


A Rádio Aliança fez contato com o diretor do Hospital São Camilo de Ipumirim, Jean Carlo Del Posso. Ele confirmou que pessoas, que se dizem representantes de uma fábrica, até fizeram contato com o Hospital falando que produzem as máscaras “face shield”, aquela feita com uma aba plástica. Mas ele destaca que não autorizou nenhuma fabricação ou pedido de doação para o Hospital.


O administrador esclarece que o pedido de doação usando o nome do Hospital é ilícita. “Não estamos necessitando de doações e também não autorizamos nenhuma empresa terceira a usar o nome da entidade São Camilo de Ipumirim para pedir auxílio. Certamente se trata de pessoas estelionatárias que utilizam o nome de empresas ou criam uma empresa fantasma para se beneficiar”, ressalta Jean.


A orientação de Del Posso é a que se alguém receber qualquer pedido de auxílio financeiro, utilizando o nome do Hospital de Ipumirim, que denuncie para a Polícia.