Região

04 jul 24 | 17h38 Por Luan De Bortoli

Ex-prefeito e advogado de Ipumirim são citados pelo MP por descumprimento de decisão judicial

Promotoria pede indisponibilidade de bens para pagar multa.

Ex-prefeito e advogado de Ipumirim são citados pelo MP por descumprimento de decisão judicial
Imprimir

Uma forte liderança política do Vale da Produção está no alvo do MP de Ipumirim. Agora, um ex-prefeito e um advogado respondem ação civil por improbidade administrativa em denúncia feita pelo MP local e que já chegou à Justiça de Ipumirim esta semana. 

O MP pede a indisponibilidade dos bens dos dois para pagar uma multa de R$ 24.743,34. O Portal A2 teve acesso ao documento, mas por questões legais não pode citar os nomes. Nele está detalhado que o município do Vale da Produção não cumpriu decisão judicial de reintegrar um servidor público ao cargo após exoneração. Ou seja: houve um descumprimento de decisão judicial por parte deste município.

Por tal razão há multa que recaiu sobre o ex-prefeito e o advogado e assim a Promotoria pede a indisponibilidade dos bens dos dois citados para quitar a multa. O parecer do MP já está nas mãos da Justiça de Ipumirim.


Fonte: Portal A2

04 jul 24 | 17h38 Por Luan De Bortoli

Ex-prefeito e advogado de Ipumirim são citados pelo MP por descumprimento de decisão judicial

Promotoria pede indisponibilidade de bens para pagar multa.

Ex-prefeito e advogado de Ipumirim são citados pelo MP por descumprimento de decisão judicial

Uma forte liderança política do Vale da Produção está no alvo do MP de Ipumirim. Agora, um ex-prefeito e um advogado respondem ação civil por improbidade administrativa em denúncia feita pelo MP local e que já chegou à Justiça de Ipumirim esta semana. 

O MP pede a indisponibilidade dos bens dos dois para pagar uma multa de R$ 24.743,34. O Portal A2 teve acesso ao documento, mas por questões legais não pode citar os nomes. Nele está detalhado que o município do Vale da Produção não cumpriu decisão judicial de reintegrar um servidor público ao cargo após exoneração. Ou seja: houve um descumprimento de decisão judicial por parte deste município.

Por tal razão há multa que recaiu sobre o ex-prefeito e o advogado e assim a Promotoria pede a indisponibilidade dos bens dos dois citados para quitar a multa. O parecer do MP já está nas mãos da Justiça de Ipumirim.


Fonte: Portal A2