Região

12 jan 22 | 16h18 Por Cristiano Mortari

Chefe dos Bombeiros de Abelardo Luz é afastado do cargo por agredir cães, diz denúncia

Os maus-tratos teriam sido flagrados por câmeras de monitoramento

Chefe dos Bombeiros de Abelardo Luz é afastado do cargo por agredir cães, diz denúncia
Imprimir

O cabo Odair Carminatti, comandante Corpo de Bombeiros Militar do município de Abelardo Luz, foi afastado de suas funções nesta semana após suspeita de cometer maus-tratos contra cães que ficam no quartel para adoção.


As agressões com um pedaço de madeira teriam sido registradas por câmeras de videomonitoramento. No entanto, a denúncia ainda é investigada. O Ministério Público de Santa Catarina informou que uma Notícia de Fato foi instaurada para apurar o caso.


O Corpo de Bombeiros Militar se manifestou em nota à imprensa e informou que o caso será investigado por meio de Inquérito Policial Militar. O profissional havia tomado posse no cargo no último dia 03 de janeiro.


A nota :

Sobre os fatos divulgados ao longo da semana atual, acerca de situação envolvendo militar da Organização Bombeiro Militar do município de Abelardo Luz, informamos que foi recepcionada denúncia acerca de situação e que o caso será investigado através de Inquérito Policial Militar. Houve afastamento do militar em questão de suas lidas naquele quartel para o curso mais assertivo e elucidativo do processo. Reforçamos que a instituição CBMSC não corrobora com quaisquer ações de maus tratos ou situações similares contra qualquer animal.


Com informações, ND

12 jan 22 | 16h18 Por Cristiano Mortari

Chefe dos Bombeiros de Abelardo Luz é afastado do cargo por agredir cães, diz denúncia

Os maus-tratos teriam sido flagrados por câmeras de monitoramento

Chefe dos Bombeiros de Abelardo Luz é afastado do cargo por agredir cães, diz denúncia

O cabo Odair Carminatti, comandante Corpo de Bombeiros Militar do município de Abelardo Luz, foi afastado de suas funções nesta semana após suspeita de cometer maus-tratos contra cães que ficam no quartel para adoção.


As agressões com um pedaço de madeira teriam sido registradas por câmeras de videomonitoramento. No entanto, a denúncia ainda é investigada. O Ministério Público de Santa Catarina informou que uma Notícia de Fato foi instaurada para apurar o caso.


O Corpo de Bombeiros Militar se manifestou em nota à imprensa e informou que o caso será investigado por meio de Inquérito Policial Militar. O profissional havia tomado posse no cargo no último dia 03 de janeiro.


A nota :

Sobre os fatos divulgados ao longo da semana atual, acerca de situação envolvendo militar da Organização Bombeiro Militar do município de Abelardo Luz, informamos que foi recepcionada denúncia acerca de situação e que o caso será investigado através de Inquérito Policial Militar. Houve afastamento do militar em questão de suas lidas naquele quartel para o curso mais assertivo e elucidativo do processo. Reforçamos que a instituição CBMSC não corrobora com quaisquer ações de maus tratos ou situações similares contra qualquer animal.


Com informações, ND