Região

09 mai 22 | 10h23 Por Jocimar Soares

Beneficência Camiliana continuará na administração do hospital São Camilo, em Ipumirim

Licitação foi encerrada na última semana e concessão é por cinco anos

Beneficência Camiliana continuará na administração do hospital São Camilo, em Ipumirim
Imprimir

A Beneficência Camiliana do Sul continuará administrando o Hospital São Camilo, de Ipumirim, pelos próximos cinco anos. O Processo Licitatório para a concessão do serviço encerrou na última semana. 


O novo contrato já celebrado entre a instituição e o Município também prevê aumento no atendimento para algumas especialidades médicas. O número de ultrassonografias vai aumentar dos atuais 80 para 160 procedimentos ao mês; a quantidade de Raio X de emergência passou de 50 para 100 mensais; e eletivos de 110 para 200 ao mês.


A concessão também prevê a oferta de serviços como consultas, exames, internações de urgência e emergência e demais procedimentos.


Conforme já informado pela Aliança FM, em março a Administração de Ipumirim havia feito a licitação para essa concessão, mas nenhuma empresa havia apresentado propostas.


09 mai 22 | 10h23 Por Jocimar Soares

Beneficência Camiliana continuará na administração do hospital São Camilo, em Ipumirim

Licitação foi encerrada na última semana e concessão é por cinco anos

Beneficência Camiliana continuará na administração do hospital São Camilo, em Ipumirim

A Beneficência Camiliana do Sul continuará administrando o Hospital São Camilo, de Ipumirim, pelos próximos cinco anos. O Processo Licitatório para a concessão do serviço encerrou na última semana. 


O novo contrato já celebrado entre a instituição e o Município também prevê aumento no atendimento para algumas especialidades médicas. O número de ultrassonografias vai aumentar dos atuais 80 para 160 procedimentos ao mês; a quantidade de Raio X de emergência passou de 50 para 100 mensais; e eletivos de 110 para 200 ao mês.


A concessão também prevê a oferta de serviços como consultas, exames, internações de urgência e emergência e demais procedimentos.


Conforme já informado pela Aliança FM, em março a Administração de Ipumirim havia feito a licitação para essa concessão, mas nenhuma empresa havia apresentado propostas.