Região

07 jun 20 | 11h29 Por Cristiano Mortari

Balsa de Alto Bela Vista é consertada e volta a funcionar

Equipamento apresentou problemas e ficou parado por nove dias

Balsa de Alto Bela Vista é consertada e volta a funcionar
Imprimir

A balsa que faz a travessia do Rio do Peixe e liga o perímetro urbano do município de Alto Bela Vista à comunidade de Volta Grande voltou a funcionar. O equipamento que estava parado desde o dia 27, para reparos, retornou às atividades na sexta-feira, dia 05.

 

A balsa parada causou certa polêmica no município, já que além de moradores de Volta Grande, os das comunidades de Linha São Francisco e Linha Bandeirantes também utilizam o equipamento. São cerca de 70 famílias no total.

 

Na última semana a vereadora Alice Schwambach, do MDB de Alto Bela Vista, cobrou agilidade no conserto da balsa, argumentando que as famílias precisavam fazer 20 quilômetros de carro, por rotas alternativas, para poder sair das três comunidades.

 

A Prefeitura explicou que o eixo do rebocador é que quebrou e o conserto não pode ser realizado de forma imediata, na oficina da Secretaria de Obras, por se tratar de um trabalho que necessitava de equipamentos que o setor não disponibiliza. A Administração também relatou que precisou fazer coleta de orçamentos em oficinas mecânicas da região e a peça quebrada foi encaminhada para manutenção em uma empresa de Concórdia, justificando a demora no conserto.

 

Horários de funcionamento:

Segunda a sexta-feira – 05h30 às 09h30 / 11h às 15h / 16h às 20h

Sábados – 07h às 11h / 17h às 20h

Domingos e feriados – 07h às 21h


07 jun 20 | 11h29 Por Cristiano Mortari

Balsa de Alto Bela Vista é consertada e volta a funcionar

Equipamento apresentou problemas e ficou parado por nove dias

Balsa de Alto Bela Vista é consertada e volta a funcionar

A balsa que faz a travessia do Rio do Peixe e liga o perímetro urbano do município de Alto Bela Vista à comunidade de Volta Grande voltou a funcionar. O equipamento que estava parado desde o dia 27, para reparos, retornou às atividades na sexta-feira, dia 05.

 

A balsa parada causou certa polêmica no município, já que além de moradores de Volta Grande, os das comunidades de Linha São Francisco e Linha Bandeirantes também utilizam o equipamento. São cerca de 70 famílias no total.

 

Na última semana a vereadora Alice Schwambach, do MDB de Alto Bela Vista, cobrou agilidade no conserto da balsa, argumentando que as famílias precisavam fazer 20 quilômetros de carro, por rotas alternativas, para poder sair das três comunidades.

 

A Prefeitura explicou que o eixo do rebocador é que quebrou e o conserto não pode ser realizado de forma imediata, na oficina da Secretaria de Obras, por se tratar de um trabalho que necessitava de equipamentos que o setor não disponibiliza. A Administração também relatou que precisou fazer coleta de orçamentos em oficinas mecânicas da região e a peça quebrada foi encaminhada para manutenção em uma empresa de Concórdia, justificando a demora no conserto.

 

Horários de funcionamento:

Segunda a sexta-feira – 05h30 às 09h30 / 11h às 15h / 16h às 20h

Sábados – 07h às 11h / 17h às 20h

Domingos e feriados – 07h às 21h