Política

10 jun 21 | 9h13 Por Jocimar Soares

Vereadores fazem pedido para a regularização da coleta de lixo em locais do município

Assunto foi debatido na Sessão da Câmara de Vereadores nesta semana

Vereadores fazem pedido para a regularização da coleta de lixo em locais do município
Imprimir

Os vereadores André Rizelo, Margarete Poletto Dalla Costa e Ingrid Fiorentin voltaram a cobrar a regularização da coleta de lixo reciclável em locais da cidade e também do interior. Rizelo explicou que vários moradores os procuraram para fazer a denúncia da falta de coleta. “Precisamos que a administração municipal tome uma providência para que o nosso município continue bonito e resolva esse problema do recolhimento de lixo. É inadmissível, pois vivemos um caos”, explicou.


Conforme as fotos apresentadas pelos vereadores, o lixo estaria depositado e sem recolhimento no centro da cidade, na Rua Getúlio Vargas na região do Bradesco, na Rua Marcelino Ramos e Segundo Dalla Costa, nos bairros Nazaré, Vista Alegre e São Miguel.


O vereador João Cardoso (PSDB) usou a tribuna para dizer que também cobrou a administração municipal, mas, segundo ele, em virtude da troca de empresa que faz o serviço, acabou prejudicando o recolhimento. “Eu já cobrei o Executivo e em virtude da troca de empresa que está fazendo o recolhimento do lixo, estão acontecendo alguns contratempos. Mas serei uma pessoa que também cobrará isso”, destacou.


O vereador Fábio Ferri (PL) afirmou que os trâmites que tem de ser seguidos em uma licitação foram seguidos e por esse motivo a demora na coleta. Ferri destacou que a administração está tomando todas as medidas necessárias. “Nós temos muitas vezes empresas mal intencionadas, infelizmente a empresa anterior saiu antes do prazo. Agora o setor jurídico está tomando as medidas cabíveis. Acredito que a Lei da Licitação está defasada, pois com essa prerrogativa baixa-se o valor da licitação, mas também baixa a qualidade do serviço prestado. Mas o secretário do setor está tomando todas as medidas e logo será regularizado”, comentou.


(Fonte: Ederson Vilas Bôas/Ascom/CVC)

10 jun 21 | 9h13 Por Jocimar Soares

Vereadores fazem pedido para a regularização da coleta de lixo em locais do município

Assunto foi debatido na Sessão da Câmara de Vereadores nesta semana

Vereadores fazem pedido para a regularização da coleta de lixo em locais do município

Os vereadores André Rizelo, Margarete Poletto Dalla Costa e Ingrid Fiorentin voltaram a cobrar a regularização da coleta de lixo reciclável em locais da cidade e também do interior. Rizelo explicou que vários moradores os procuraram para fazer a denúncia da falta de coleta. “Precisamos que a administração municipal tome uma providência para que o nosso município continue bonito e resolva esse problema do recolhimento de lixo. É inadmissível, pois vivemos um caos”, explicou.


Conforme as fotos apresentadas pelos vereadores, o lixo estaria depositado e sem recolhimento no centro da cidade, na Rua Getúlio Vargas na região do Bradesco, na Rua Marcelino Ramos e Segundo Dalla Costa, nos bairros Nazaré, Vista Alegre e São Miguel.


O vereador João Cardoso (PSDB) usou a tribuna para dizer que também cobrou a administração municipal, mas, segundo ele, em virtude da troca de empresa que faz o serviço, acabou prejudicando o recolhimento. “Eu já cobrei o Executivo e em virtude da troca de empresa que está fazendo o recolhimento do lixo, estão acontecendo alguns contratempos. Mas serei uma pessoa que também cobrará isso”, destacou.


O vereador Fábio Ferri (PL) afirmou que os trâmites que tem de ser seguidos em uma licitação foram seguidos e por esse motivo a demora na coleta. Ferri destacou que a administração está tomando todas as medidas necessárias. “Nós temos muitas vezes empresas mal intencionadas, infelizmente a empresa anterior saiu antes do prazo. Agora o setor jurídico está tomando as medidas cabíveis. Acredito que a Lei da Licitação está defasada, pois com essa prerrogativa baixa-se o valor da licitação, mas também baixa a qualidade do serviço prestado. Mas o secretário do setor está tomando todas as medidas e logo será regularizado”, comentou.


(Fonte: Ederson Vilas Bôas/Ascom/CVC)