Política

15 ago 20 | 10h29 Por Jocimar Soares

Prazo final para desincompatibilizações deve mudar fotografia na Administração Municipal

Pelo menos, 25 pessoas podem ter a publicação da exoneração no DOM por causa das eleições desse ano

Prazo final para desincompatibilizações deve mudar fotografia na Administração Municipal
Imprimir

A partir da próxima semana, os segundos e terceiros escalões da Prefeitura de Concórdia poderão ter mudança na fotografia. Encerrou no fim da tarde da sexta-feira, dia 14, o prazo para desincompatibilização de servidores comissionados que vão disputar as eleições desse ano para o cargo de vereador. Conforme a legislação eleitoral, esse período deve ser feito em até três meses antes do pleito eleitoral. Cerca de 25 servidores nessa condição devem ter a exoneração publicada no Diário Oficial do Município, já na próxima semana.


Conforme apurado pela Rádio Aliança, pelo PSDB, devem ter o afastamento confirmado Eva Varela, Gil Artifon, Ademar Gerhardt, Jair Machado, João Cardoso, Juscelino de Oliveira, Valcir Zanella, Juliana Lupato, Elizabete Bosio e Ângela Dezordi. Ainda pelo PSDB, no mês de junho, deixaram os cargos Wágner Simioni e Lenir Comin, que até então estavam no primeiro escalão.


Pelo PL, devem deixar as funções no poder público Rudimar Vitto, Roberto Marinello, Osmar Ferreira, Luciane de Carli, Noeli Rodrigues e Elisabet Marchetti. Até então, já haviam sido exonerados Levir dos Santos e Jaime Bernardi. João Reitel e Denise Justi Lopes, ocupantes do primeiro escalão, haviam deixado as funções nos últimos meses. Denise retornou para a Câmara de Vereadores.


Pelo Partido Progressista, Marcos Magro, Lauri Garbossa, Derli Hertal, Márcia Lorenzett, Ivete Albiero, Jovilde Busatto e Valdir Pereira também devem ter os nomes publicados no Diário Oficial. Os três últimos são servidores de carreira.


Pelo PSDC, partido que está na coligação majoritária, não houve nenhum protocolo de desligamento de funções.

15 ago 20 | 10h29 Por Jocimar Soares

Prazo final para desincompatibilizações deve mudar fotografia na Administração Municipal

Pelo menos, 25 pessoas podem ter a publicação da exoneração no DOM por causa das eleições desse ano

Prazo final para desincompatibilizações deve mudar fotografia na Administração Municipal

A partir da próxima semana, os segundos e terceiros escalões da Prefeitura de Concórdia poderão ter mudança na fotografia. Encerrou no fim da tarde da sexta-feira, dia 14, o prazo para desincompatibilização de servidores comissionados que vão disputar as eleições desse ano para o cargo de vereador. Conforme a legislação eleitoral, esse período deve ser feito em até três meses antes do pleito eleitoral. Cerca de 25 servidores nessa condição devem ter a exoneração publicada no Diário Oficial do Município, já na próxima semana.


Conforme apurado pela Rádio Aliança, pelo PSDB, devem ter o afastamento confirmado Eva Varela, Gil Artifon, Ademar Gerhardt, Jair Machado, João Cardoso, Juscelino de Oliveira, Valcir Zanella, Juliana Lupato, Elizabete Bosio e Ângela Dezordi. Ainda pelo PSDB, no mês de junho, deixaram os cargos Wágner Simioni e Lenir Comin, que até então estavam no primeiro escalão.


Pelo PL, devem deixar as funções no poder público Rudimar Vitto, Roberto Marinello, Osmar Ferreira, Luciane de Carli, Noeli Rodrigues e Elisabet Marchetti. Até então, já haviam sido exonerados Levir dos Santos e Jaime Bernardi. João Reitel e Denise Justi Lopes, ocupantes do primeiro escalão, haviam deixado as funções nos últimos meses. Denise retornou para a Câmara de Vereadores.


Pelo Partido Progressista, Marcos Magro, Lauri Garbossa, Derli Hertal, Márcia Lorenzett, Ivete Albiero, Jovilde Busatto e Valdir Pereira também devem ter os nomes publicados no Diário Oficial. Os três últimos são servidores de carreira.


Pelo PSDC, partido que está na coligação majoritária, não houve nenhum protocolo de desligamento de funções.