Política

21 out 21 | 8h20 Por Jocimar Soares

OUÇA: Presidente da Comissão de Educação espera que Governo faça retirada do PL do Magistério

Matéria foi entregue nesta semana e grupo de parlamentares entende que propostas podem ser melhoradas

OUÇA: Presidente da Comissão de Educação espera que Governo faça retirada do PL do Magistério
Escute
Imprimir

O Governo do Estado apresentou na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, nesta semana, o projeto de reajuste da tabela do magistério, valorizando a qualificação dos professores. Ao mesmo tempo, o Governo vai investir em bolsas de pós-graduação aos profissionais, garantindo a oportunidade para a progressão na carreira. O projeto apresentado garante um reajuste mínimo de 10% da tabela. Os reajustes mais significativos foram concedidos aos profissionais com mestrado e doutorado, que terão incrementos de 28,8% a 56,4%. A mudança se aplica também aos servidores inativos.


Em entrevista ao Canal 101 da Aliança FM, edição desta quarta-feira, dia 20, a deputada estadual Luciane Carminatti, do PT, que preside a Comissão de Educação da Alesc disse que a proposta ficou aquém do esperado (OUÇA).

21 out 21 | 8h20 Por Jocimar Soares

OUÇA: Presidente da Comissão de Educação espera que Governo faça retirada do PL do Magistério

Matéria foi entregue nesta semana e grupo de parlamentares entende que propostas podem ser melhoradas

OUÇA: Presidente da Comissão de Educação espera que Governo faça retirada do PL do Magistério

O Governo do Estado apresentou na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, nesta semana, o projeto de reajuste da tabela do magistério, valorizando a qualificação dos professores. Ao mesmo tempo, o Governo vai investir em bolsas de pós-graduação aos profissionais, garantindo a oportunidade para a progressão na carreira. O projeto apresentado garante um reajuste mínimo de 10% da tabela. Os reajustes mais significativos foram concedidos aos profissionais com mestrado e doutorado, que terão incrementos de 28,8% a 56,4%. A mudança se aplica também aos servidores inativos.


Em entrevista ao Canal 101 da Aliança FM, edição desta quarta-feira, dia 20, a deputada estadual Luciane Carminatti, do PT, que preside a Comissão de Educação da Alesc disse que a proposta ficou aquém do esperado (OUÇA).