Política

11 ago 20 | 9h10 Por Jocimar Soares

OUÇA: Coligação que hoje governa Concórdia estará mantida para as eleições de 2020

PSDB deve indicar o nome de Rogério Pacheco para ir à reeleição. PL pode indicar Edilson Massocco, como vice, mantendo a atual coligação vencedora

OUÇA: Coligação que hoje governa Concórdia estará mantida para as eleições de 2020
Escute
Imprimir

Está mantida a coligação que hoje governa o município de Concórdia para as eleições desse ano. Conforme informações levantadas pela Rádio Aliança, PSDB, PL, PP e PSDC deverão oficializar a coligação para a disputa à majoritária das nas eleições municipais na maior cidade do Alto Uruguai de Santa Catarina. A oficialização da coligação deve ocorrer no período de 31 de agosto a 16 de setembro, período estipulado pela Justiça Eleitoral as convenções partidárias.


Em entrevista a Rádio Aliança, o presidente do PSDB de Concórdia, José Aníbal Dambrós, confirma que há conversações entre os partidos e a tendência é pela manutenção da coligação que hoje está no poder em Concórdia. No entendimento do dirigente partidário, o nome do atual prefeito Rogério Pacheco poderá ser indicado pelo PSDB para ir à reeleição. O cargo de vice ficará com o PL, que por sua vez deve indicar em convenção Edilson Massocco, mantendo a atual dobradinha


11 ago 20 | 9h10 Por Jocimar Soares

OUÇA: Coligação que hoje governa Concórdia estará mantida para as eleições de 2020

PSDB deve indicar o nome de Rogério Pacheco para ir à reeleição. PL pode indicar Edilson Massocco, como vice, mantendo a atual coligação vencedora

OUÇA: Coligação que hoje governa Concórdia estará mantida para as eleições de 2020

Está mantida a coligação que hoje governa o município de Concórdia para as eleições desse ano. Conforme informações levantadas pela Rádio Aliança, PSDB, PL, PP e PSDC deverão oficializar a coligação para a disputa à majoritária das nas eleições municipais na maior cidade do Alto Uruguai de Santa Catarina. A oficialização da coligação deve ocorrer no período de 31 de agosto a 16 de setembro, período estipulado pela Justiça Eleitoral as convenções partidárias.


Em entrevista a Rádio Aliança, o presidente do PSDB de Concórdia, José Aníbal Dambrós, confirma que há conversações entre os partidos e a tendência é pela manutenção da coligação que hoje está no poder em Concórdia. No entendimento do dirigente partidário, o nome do atual prefeito Rogério Pacheco poderá ser indicado pelo PSDB para ir à reeleição. O cargo de vice ficará com o PL, que por sua vez deve indicar em convenção Edilson Massocco, mantendo a atual dobradinha