Política

23 nov 21 | 6h00 Por Jocimar Soares

Lei Orçamentária do município, para 2022, é aprovada em Primeira Votação

Apreciação aconteceu na primeira Sessão Ordinária do Legislativo Municipal

Lei Orçamentária do município, para 2022, é aprovada em Primeira Votação
Imprimir

Foi aprovada em Primeira Votação, na noite desta segunda-feira (22), o Projeto de Lei que estima a receita e fixa a despesa do Município de Concórdia, para o exercício de 2022. Após a passagem pela Câmara de Vereadores da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e do Plano Plurianual (PPA), o último passo para o Executivo saber qual será o orçamento para 2022 foi a aprovação da LOA, que ocorreu nesta segunda. A Segunda Votação ocorrerá na noite desta terça.


Conforme o documento encaminhado pelo município, a previsão de Orçamento do Poder Executivo para o exercício financeiro de 2022, estima a receita em R$ 325.678.500,00, fixa a despesa em R$ 271.285.874,00 e as transferências financeiras em R$ 54.392.626,00. 


Orçamento do Poder Legislativo para o exercício financeiro de 2022, tembém estima transferências do tesouro municipal e fixa a despesa em R$ 6.050.000,00.


Já o Orçamento da Administração Direta Descentralizada e Indireta, estima a receita em R$ 67.861.500,00, acrescido das transferências financeiras no valor de R$ 48.342.626,00 e fixa a despesa em R$ 116.204.126,00.


O Orçamento da Administração Direta Descentralizada é composto pelos seguintes Fundos:

I – Fundo Municipal de Saúde – FMS, com uma receita de recursos próprios estimada em R$ 37.483.350,00, mais R$ 42.120.000,00 de transferências do tesouro municipal e despesa fixada em R$ 79.603.350,00;

II – Fundo Municipal de Assistência Social – FMAS, com uma receita de recursos próprios estimada em R$ 734.750,00, mais R$ 6.102.296,00 de transferências do tesouro municipal e despesa fixada em R$ 6.837.046,00;

III – Fundo para a Infância e Adolescência – FIA, com uma receita de recursos próprios estimada em R$ 213.400,00, mais R$ 120.330,00 de transferências do tesouro municipal e despesa fixada em R$ 333.730,00.


O Orçamento da Administração Indireta é composto pelo Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Concórdia – IPRECON, com uma receita estimada e despesa fixada em R$ 29.430.000,00.


Caberá à Secretaria Municipal da Fazenda manter, durante o exercício, o equilíbrio entre a receita arrecadada e a despesa autorizada.


(Fonte: Ederson Vilas Bôas/Ascom/CVC)

23 nov 21 | 6h00 Por Jocimar Soares

Lei Orçamentária do município, para 2022, é aprovada em Primeira Votação

Apreciação aconteceu na primeira Sessão Ordinária do Legislativo Municipal

Lei Orçamentária do município, para 2022, é aprovada em Primeira Votação

Foi aprovada em Primeira Votação, na noite desta segunda-feira (22), o Projeto de Lei que estima a receita e fixa a despesa do Município de Concórdia, para o exercício de 2022. Após a passagem pela Câmara de Vereadores da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e do Plano Plurianual (PPA), o último passo para o Executivo saber qual será o orçamento para 2022 foi a aprovação da LOA, que ocorreu nesta segunda. A Segunda Votação ocorrerá na noite desta terça.


Conforme o documento encaminhado pelo município, a previsão de Orçamento do Poder Executivo para o exercício financeiro de 2022, estima a receita em R$ 325.678.500,00, fixa a despesa em R$ 271.285.874,00 e as transferências financeiras em R$ 54.392.626,00. 


Orçamento do Poder Legislativo para o exercício financeiro de 2022, tembém estima transferências do tesouro municipal e fixa a despesa em R$ 6.050.000,00.


Já o Orçamento da Administração Direta Descentralizada e Indireta, estima a receita em R$ 67.861.500,00, acrescido das transferências financeiras no valor de R$ 48.342.626,00 e fixa a despesa em R$ 116.204.126,00.


O Orçamento da Administração Direta Descentralizada é composto pelos seguintes Fundos:

I – Fundo Municipal de Saúde – FMS, com uma receita de recursos próprios estimada em R$ 37.483.350,00, mais R$ 42.120.000,00 de transferências do tesouro municipal e despesa fixada em R$ 79.603.350,00;

II – Fundo Municipal de Assistência Social – FMAS, com uma receita de recursos próprios estimada em R$ 734.750,00, mais R$ 6.102.296,00 de transferências do tesouro municipal e despesa fixada em R$ 6.837.046,00;

III – Fundo para a Infância e Adolescência – FIA, com uma receita de recursos próprios estimada em R$ 213.400,00, mais R$ 120.330,00 de transferências do tesouro municipal e despesa fixada em R$ 333.730,00.


O Orçamento da Administração Indireta é composto pelo Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Concórdia – IPRECON, com uma receita estimada e despesa fixada em R$ 29.430.000,00.


Caberá à Secretaria Municipal da Fazenda manter, durante o exercício, o equilíbrio entre a receita arrecadada e a despesa autorizada.


(Fonte: Ederson Vilas Bôas/Ascom/CVC)