Política

19 set 21 | 18h15 Por Jocimar Soares

LDO deve ser aprovada até a metade do próximo mês na Câmara de Veradores

Projeto de Lei que contempla ações para o próximo ano em Concórdia foi entregue na última semana no Legislativo local

LDO deve ser aprovada até a metade do próximo mês na Câmara de Veradores
Imprimir

A Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2022 será votada e apreciada até a metade do mês de outubro pela Câmara de Vereadores de Concórdia. A informação é do presidente da Mesa Diretora do Legislativo local, Fabiano Caitano, do PSDB. O Projeto de Lei, que contempla as ações e metas da Administração Municipal, para o próximo ano foi entregue na última sexta-feira, dia 17, e já começa a sua tramitação nas comissões da Casa de Leis.


Dentre alguns itens na LDO estão a licitação do sistema de água e esgoto de acordo com o novo Marco Regulatório do Saneamento; implementação de ações que melhorem o plano de contenção de cheias e alagamentos, onde a administração irá apresentar o projeto para a construção de uma nova barragem acima da existente; seguir com o programa de substituição de luminárias antigas pelo sistema LED; melhorar a infraestrutura urbana e rural com pavimentações, entre outros.


(Com informações de Ederson Vilas Bôas/Ascom/CVC)

19 set 21 | 18h15 Por Jocimar Soares

LDO deve ser aprovada até a metade do próximo mês na Câmara de Veradores

Projeto de Lei que contempla ações para o próximo ano em Concórdia foi entregue na última semana no Legislativo local

LDO deve ser aprovada até a metade do próximo mês na Câmara de Veradores

A Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2022 será votada e apreciada até a metade do mês de outubro pela Câmara de Vereadores de Concórdia. A informação é do presidente da Mesa Diretora do Legislativo local, Fabiano Caitano, do PSDB. O Projeto de Lei, que contempla as ações e metas da Administração Municipal, para o próximo ano foi entregue na última sexta-feira, dia 17, e já começa a sua tramitação nas comissões da Casa de Leis.


Dentre alguns itens na LDO estão a licitação do sistema de água e esgoto de acordo com o novo Marco Regulatório do Saneamento; implementação de ações que melhorem o plano de contenção de cheias e alagamentos, onde a administração irá apresentar o projeto para a construção de uma nova barragem acima da existente; seguir com o programa de substituição de luminárias antigas pelo sistema LED; melhorar a infraestrutura urbana e rural com pavimentações, entre outros.


(Com informações de Ederson Vilas Bôas/Ascom/CVC)