Política

10 jan | 10h23 Por Rádio Aliança

Fretta diz que vai adotar uma posição de independência

Presidente do Legislativo afirma que terá uma postura mais crítica como parlamentar

Fretta diz que vai adotar uma posição de independência
Imprimir

As atividades internas na Câmara de Vereadores de Concórdia serão retomadas no dia 21 de janeiro, mas as sessões vão iniciar a partir do dia 4 de fevereiro. Em entrevista ao programa Mesa Redonda da Rádio Aliança nesta quinta-feira, 10 de janeiro, o novo presidente Mauro Fretta (PSB) falou como pretende conduzir o Legislativo a partir deste ano. “Vou trabalhar com independência de poderes”, frisa.

 

As atenções estão voltadas com mais força para a postura do novo presidente porque ele foi eleito vereador pela situação, mas foi conduzidoo ao comando do Legislativo com os votos da ala de oposição ao governo de Rogério Pacheco (PSDB) e Edilson Massocco (PR). “Não é minha intenção ficar em cima do muro. Vou ser um pouco mais crítico e como presidente serei neutro na condução dos trabalhos. Não vou segurar projetos ou atrapalhar a administração municipal”.

 

Sobre a eleição do Legislativo que levou Mauro Fretta à presidência com os votos dos vereadores de oposição ao governo municipal, ele destaca que faltou conversa. “O que eu sinto é que não há diálogo entre a administração e o Legislativo. Posso falar que existe uma barreira muito grande”. O presidente diz que não guarda mágoas. “Não entrei na política para me dizerem o que devo fazer e vou trabalhar pelo que for melhor para o povo. Torço pela administração e quero contribuir”, acrescenta.

10 jan | 10h23 Por Rádio Aliança

Fretta diz que vai adotar uma posição de independência

Presidente do Legislativo afirma que terá uma postura mais crítica como parlamentar

Fretta diz que vai adotar uma posição de independência

As atividades internas na Câmara de Vereadores de Concórdia serão retomadas no dia 21 de janeiro, mas as sessões vão iniciar a partir do dia 4 de fevereiro. Em entrevista ao programa Mesa Redonda da Rádio Aliança nesta quinta-feira, 10 de janeiro, o novo presidente Mauro Fretta (PSB) falou como pretende conduzir o Legislativo a partir deste ano. “Vou trabalhar com independência de poderes”, frisa.

 

As atenções estão voltadas com mais força para a postura do novo presidente porque ele foi eleito vereador pela situação, mas foi conduzidoo ao comando do Legislativo com os votos da ala de oposição ao governo de Rogério Pacheco (PSDB) e Edilson Massocco (PR). “Não é minha intenção ficar em cima do muro. Vou ser um pouco mais crítico e como presidente serei neutro na condução dos trabalhos. Não vou segurar projetos ou atrapalhar a administração municipal”.

 

Sobre a eleição do Legislativo que levou Mauro Fretta à presidência com os votos dos vereadores de oposição ao governo municipal, ele destaca que faltou conversa. “O que eu sinto é que não há diálogo entre a administração e o Legislativo. Posso falar que existe uma barreira muito grande”. O presidente diz que não guarda mágoas. “Não entrei na política para me dizerem o que devo fazer e vou trabalhar pelo que for melhor para o povo. Torço pela administração e quero contribuir”, acrescenta.