Política

10 jun 21 | 7h40 Por Jocimar Soares

Comassetto pede conserto de banheiros da Praça Dogello Goss

Assunto foi discutido nesta semana no Legislativo Municipal

Comassetto pede conserto de banheiros da Praça Dogello Goss
Imprimir

O vereador Vilmar Comassetto (PDT) apresentou indicação onde sugere que a administração municipal realize a manutenção do banheiro público localizado na Praça Dogello Goss. 


Conforme Comassetto, as condições atuais do banheiro público deixam a desejar. "Devido ao vandalismo, há várias situações que precisam ser corrigidas: mictório entupido, fecho de porta que não funciona e elevador de cadeirante com defeito".


Comassetto também protocolou a INDICAÇÃO 370/2021 água que abastece o chafariz da Praça Dogello Goss visivelmente apresenta características de água estagnada devido ao pouco ou não uso do chafariz e se apresenta como um potencial foco de reprodução do mosquito da dengue. "Segundo a pesquisa, água parada pode tornar-se criadouro do mosquito Aedes aegypti. Por isso da sugestão de que se faça a análise e monitoramento da qualidade da água e inspeção da presença ou não de larvas de mosquito da dengue".


(Fonte: Ederson Vilas Bôas/Ascom/CVC)

10 jun 21 | 7h40 Por Jocimar Soares

Comassetto pede conserto de banheiros da Praça Dogello Goss

Assunto foi discutido nesta semana no Legislativo Municipal

Comassetto pede conserto de banheiros da Praça Dogello Goss

O vereador Vilmar Comassetto (PDT) apresentou indicação onde sugere que a administração municipal realize a manutenção do banheiro público localizado na Praça Dogello Goss. 


Conforme Comassetto, as condições atuais do banheiro público deixam a desejar. "Devido ao vandalismo, há várias situações que precisam ser corrigidas: mictório entupido, fecho de porta que não funciona e elevador de cadeirante com defeito".


Comassetto também protocolou a INDICAÇÃO 370/2021 água que abastece o chafariz da Praça Dogello Goss visivelmente apresenta características de água estagnada devido ao pouco ou não uso do chafariz e se apresenta como um potencial foco de reprodução do mosquito da dengue. "Segundo a pesquisa, água parada pode tornar-se criadouro do mosquito Aedes aegypti. Por isso da sugestão de que se faça a análise e monitoramento da qualidade da água e inspeção da presença ou não de larvas de mosquito da dengue".


(Fonte: Ederson Vilas Bôas/Ascom/CVC)