Polícia

23 out 20 | 13h55 Por André Krüger

Suspeitos de sequestro da médica estão no presídio de Erechim

A polícia vai contar o que já sabe sobre o crime em coletiva à imprensa nesta sexta-feira.

Suspeitos de sequestro da médica estão no presídio de Erechim
Imprimir

Os sequestradores da médica Tamires Gemelli da Silva Mignoni, presos no Paraná, chegaram a Erechim na noite da quinta-feira, 22.


Dois homens e uma mulher foram presos na noite de quarta-feira (22), após a polícia estourar o cativeiro onde Tamires era mantida em Cantagalo, cidade distante 30 km de Laranjeiras do Sul, onde o pai da médica é prefeito. Outra mulher foi presa na manhã da quinta-feira, dia 22, em Laranjeiras do Sul.


De acordo com a polícia, o segurança de uma agência bancária, Wilson Roberto Kintof, Wile Huf, conhecido como “Vilão do Táxi” e Sirlene dos Santos Moraes, foram os responsáveis pelo sequestro. A companheira do vigilante foi detida também pela participação no crime.


A médica disse à polícia que não sofreu agressões e nenhum tipo de violência durante o tempo em que esteve nas mãos dos sequestradores. O cativeiro foi estourado pelas equipes policias na noite de quarta-feira (21), sem pagamento de nenhum valor aos criminosos.


Os quatro presos foram ouvidos e encaminhados ao presídio onde permanecerão a disposição da justiça.

23 out 20 | 13h55 Por André Krüger

Suspeitos de sequestro da médica estão no presídio de Erechim

A polícia vai contar o que já sabe sobre o crime em coletiva à imprensa nesta sexta-feira.

Suspeitos de sequestro da médica estão no presídio de Erechim

Os sequestradores da médica Tamires Gemelli da Silva Mignoni, presos no Paraná, chegaram a Erechim na noite da quinta-feira, 22.


Dois homens e uma mulher foram presos na noite de quarta-feira (22), após a polícia estourar o cativeiro onde Tamires era mantida em Cantagalo, cidade distante 30 km de Laranjeiras do Sul, onde o pai da médica é prefeito. Outra mulher foi presa na manhã da quinta-feira, dia 22, em Laranjeiras do Sul.


De acordo com a polícia, o segurança de uma agência bancária, Wilson Roberto Kintof, Wile Huf, conhecido como “Vilão do Táxi” e Sirlene dos Santos Moraes, foram os responsáveis pelo sequestro. A companheira do vigilante foi detida também pela participação no crime.


A médica disse à polícia que não sofreu agressões e nenhum tipo de violência durante o tempo em que esteve nas mãos dos sequestradores. O cativeiro foi estourado pelas equipes policias na noite de quarta-feira (21), sem pagamento de nenhum valor aos criminosos.


Os quatro presos foram ouvidos e encaminhados ao presídio onde permanecerão a disposição da justiça.