Polícia

12 ago 19 | 7h43 Por Cristiano Mortari

Suspeito se entrega à Polícia e confessa assassinato de jogador de Futsal em Erechim

O atleta do Corinthians foi morto com um tiro no rosto

Suspeito se entrega à Polícia e confessa assassinato de jogador de Futsal em Erechim
Imprimir

Foi identificado e preso, no domingo, dia 11, o suspeito de matar o jogador do Corinthians Futsal, Douglas Nunes da Silva, de 27 anos.  A Justiça atendeu o pedido do delegado José Roberto e decretou a prisão preventiva de Ricardo Jean Rodrigues, de 25 anos, autor do disparo que matou o jogador de futsal do Corinthians. Ele foi preso depois de se apresentar acompanhado de uma advogada, confessar o crime e prestar depoimento.


Ricardo já havia sido preso anteriormente por tráfico e estava agora, em "prisão domiciliar". O crime aconteceu no fim da madrugada deste domingo, na Av. 7 de Setembro, em Erechim. "O homem que teria matado com um tiro no rosto o jogador de futsal do Corinthians, está preso preventivamente", disse o delegado titular da 2ª DP de Erechim, responsável pelo inquérito. Segundo a polícia o suspeito confessou o crime, mas se negou a falar da localização da arma. Ainda segundo o delegado, o motivo da discussão foi o pagamento da conta. O grupo tomou espumante no camarote e na hora de sair, discutiram em razão disso.


O atleta fazia parte da equipe de futsal do Corinthians que participava da Copa do Brasil de Futsal, que terminaria no domingo, em Erechim. A equipe corintiana foi eliminada do certame no sábado pela equipe da casa, o Atlântico, mas permaneceu na cidade pois disputaria nova partida contra o time durante a semana.


Informações de populares que estavam no local são de que ocorreu um desentendimento entre alguns integrantes da equipe do Corinthians quando estavam em um bar da Av. 7 de Setembro, próximo da Estação Rodoviária e que o suspeito foi atingido no rosto por um soco , desferido pelo jogador. Momentos depois, já na rua, um automóvel teria parado em frente ao bar. O jogador teria se aproximado do carro e se abaixou na janela do carona para falar quando foi alvejado pelo disparo que acertou a mão e o rosto.


Segundo a polícia, depois de agredido pelo jogador, o suspeito saiu do local e retornou na carona de um automóvel Peugeot 207, branco. No interior do veículo, além dele, haviam outras duas pessoas. O jogador foi socorrido pelo Resgate do Corpo de Bombeiros e deu entrada já sem vida no Hospital Santa Terezinha. O corpo foi encaminhado para o IML em Passo Fundo e na tarde de domingo foi levado para São Paulo. 


Douglas Nunes da Silva era natural de São Paulo e já havia conquistado os títulos da Liga Paulista, Super Liga, Copa Paulista, Copa do Cazaquistão e Eremo Cup. 


Fonte: AUOnline

12 ago 19 | 7h43 Por Cristiano Mortari

Suspeito se entrega à Polícia e confessa assassinato de jogador de Futsal em Erechim

O atleta do Corinthians foi morto com um tiro no rosto

Suspeito se entrega à Polícia e confessa assassinato de jogador de Futsal em Erechim

Foi identificado e preso, no domingo, dia 11, o suspeito de matar o jogador do Corinthians Futsal, Douglas Nunes da Silva, de 27 anos.  A Justiça atendeu o pedido do delegado José Roberto e decretou a prisão preventiva de Ricardo Jean Rodrigues, de 25 anos, autor do disparo que matou o jogador de futsal do Corinthians. Ele foi preso depois de se apresentar acompanhado de uma advogada, confessar o crime e prestar depoimento.


Ricardo já havia sido preso anteriormente por tráfico e estava agora, em "prisão domiciliar". O crime aconteceu no fim da madrugada deste domingo, na Av. 7 de Setembro, em Erechim. "O homem que teria matado com um tiro no rosto o jogador de futsal do Corinthians, está preso preventivamente", disse o delegado titular da 2ª DP de Erechim, responsável pelo inquérito. Segundo a polícia o suspeito confessou o crime, mas se negou a falar da localização da arma. Ainda segundo o delegado, o motivo da discussão foi o pagamento da conta. O grupo tomou espumante no camarote e na hora de sair, discutiram em razão disso.


O atleta fazia parte da equipe de futsal do Corinthians que participava da Copa do Brasil de Futsal, que terminaria no domingo, em Erechim. A equipe corintiana foi eliminada do certame no sábado pela equipe da casa, o Atlântico, mas permaneceu na cidade pois disputaria nova partida contra o time durante a semana.


Informações de populares que estavam no local são de que ocorreu um desentendimento entre alguns integrantes da equipe do Corinthians quando estavam em um bar da Av. 7 de Setembro, próximo da Estação Rodoviária e que o suspeito foi atingido no rosto por um soco , desferido pelo jogador. Momentos depois, já na rua, um automóvel teria parado em frente ao bar. O jogador teria se aproximado do carro e se abaixou na janela do carona para falar quando foi alvejado pelo disparo que acertou a mão e o rosto.


Segundo a polícia, depois de agredido pelo jogador, o suspeito saiu do local e retornou na carona de um automóvel Peugeot 207, branco. No interior do veículo, além dele, haviam outras duas pessoas. O jogador foi socorrido pelo Resgate do Corpo de Bombeiros e deu entrada já sem vida no Hospital Santa Terezinha. O corpo foi encaminhado para o IML em Passo Fundo e na tarde de domingo foi levado para São Paulo. 


Douglas Nunes da Silva era natural de São Paulo e já havia conquistado os títulos da Liga Paulista, Super Liga, Copa Paulista, Copa do Cazaquistão e Eremo Cup. 


Fonte: AUOnline