Polícia

20 mai 22 | 17h46 Por André Krüger

Suspeito de tentativa de feminicidio em Irani ainda não se apresentou na Policia Civil

Por outro lado, vítima de 42 anos deixou a UTI nesta semana e se recupera em quarto normal do HSF

Suspeito de tentativa de feminicidio em Irani ainda não se apresentou na Policia Civil
Imprimir

A Policia Civil ainda aguarda a apresentação do suspeito de tentativa de feminicídio ocorrida em Irani, neste mês. Conforme apurado pela Aliança FM, a investigação do caso segue em sigilo policial. De acordo com o que foi noticiado pela Aliança FM, o crime aconteceu no dia 2 de maio, no bairro Santo Antônio, em Irani. A vítima foi achada caída na varanda da residência, com perfuração provocada por arma branca no peito e ferimentos nos braços. Ela foi socorrida e encaminhada para atendimento médico no Pronto Atendimento Médico, neste município. Em seguida ela foi transferida para Concórdia e conduzida para cirurgia no Hospital São Paulo, em Xanxerê, referência em atendimento cardíaco.


De acordo com informações obtidas pela Aliança FM, o golpe de faca no peito atingiu o ventrículo esquerdo do coração, o que provocou uma parada. A vítima havia ficado em estado grave. Após se recuperar, a vítima foi novamente transferida para Concórdia nos últimos dias e nesta semana deixou a UTI para continuar a recuperação em leito de enfermaria.

20 mai 22 | 17h46 Por André Krüger

Suspeito de tentativa de feminicidio em Irani ainda não se apresentou na Policia Civil

Por outro lado, vítima de 42 anos deixou a UTI nesta semana e se recupera em quarto normal do HSF

Suspeito de tentativa de feminicidio em Irani ainda não se apresentou na Policia Civil

A Policia Civil ainda aguarda a apresentação do suspeito de tentativa de feminicídio ocorrida em Irani, neste mês. Conforme apurado pela Aliança FM, a investigação do caso segue em sigilo policial. De acordo com o que foi noticiado pela Aliança FM, o crime aconteceu no dia 2 de maio, no bairro Santo Antônio, em Irani. A vítima foi achada caída na varanda da residência, com perfuração provocada por arma branca no peito e ferimentos nos braços. Ela foi socorrida e encaminhada para atendimento médico no Pronto Atendimento Médico, neste município. Em seguida ela foi transferida para Concórdia e conduzida para cirurgia no Hospital São Paulo, em Xanxerê, referência em atendimento cardíaco.


De acordo com informações obtidas pela Aliança FM, o golpe de faca no peito atingiu o ventrículo esquerdo do coração, o que provocou uma parada. A vítima havia ficado em estado grave. Após se recuperar, a vítima foi novamente transferida para Concórdia nos últimos dias e nesta semana deixou a UTI para continuar a recuperação em leito de enfermaria.