Polícia

09 jan 21 | 13h36 Por André Krüger

Presídio Regional de Concórdia não registra evasão nas saídas de fim de ano

Ao todo, seis detentos, que cumpriram requisitos judiciais, foram liberados temporariamente com a saída temporária de fim de ano

Presídio Regional de Concórdia não registra evasão nas saídas de fim de ano
Imprimir

Todos os seis apenados do Presídio Regional de Concórdia, que tiveram o direito da saída temporária para o Natal e Reveillón, retornaram para a unidade prisional dentro do prazo estabelecido que é de sete dias. A informação foi confirmada pelo Diretor da unidade prisional, Marcelo Lorega.


Segundo o Departamento de Administração Prisional, três já haviam retornado na semana passada. Os outros, nesta semana. Todos foram beneficiados com a saída temporária de sete dias para as festividades de fim de ano. Para ser beneficiado com a saída temporária, o apenado tem que cumprir uma série de requisitos como estar no regime semiaberto, ter bom comportamento e com uma parcela da pena já cumprida.


No estado aproximadamente dos 2.588 internos que deixaram o sistema prisional com autorização judicial, 2.501 já retornaram às unidades. Isso representa uma evasão de 3.36%. Dos 135 evadidos, 48 foram recapturados e 87 são considerados foragidos.

09 jan 21 | 13h36 Por André Krüger

Presídio Regional de Concórdia não registra evasão nas saídas de fim de ano

Ao todo, seis detentos, que cumpriram requisitos judiciais, foram liberados temporariamente com a saída temporária de fim de ano

Presídio Regional de Concórdia não registra evasão nas saídas de fim de ano

Todos os seis apenados do Presídio Regional de Concórdia, que tiveram o direito da saída temporária para o Natal e Reveillón, retornaram para a unidade prisional dentro do prazo estabelecido que é de sete dias. A informação foi confirmada pelo Diretor da unidade prisional, Marcelo Lorega.


Segundo o Departamento de Administração Prisional, três já haviam retornado na semana passada. Os outros, nesta semana. Todos foram beneficiados com a saída temporária de sete dias para as festividades de fim de ano. Para ser beneficiado com a saída temporária, o apenado tem que cumprir uma série de requisitos como estar no regime semiaberto, ter bom comportamento e com uma parcela da pena já cumprida.


No estado aproximadamente dos 2.588 internos que deixaram o sistema prisional com autorização judicial, 2.501 já retornaram às unidades. Isso representa uma evasão de 3.36%. Dos 135 evadidos, 48 foram recapturados e 87 são considerados foragidos.