Polícia

12 set 21 | 9h00 Por Cristiano Mortari

Policial de Chapecó morre após ser baleado em briga de trânsito

Confusão aconteceu na tarde de sábado e o sargento foi levado ao Hospital, mas acabou morrendo na madrugada de domingo

Policial de Chapecó morre após ser baleado em briga de trânsito
Imprimir

Uma discussão e briga de trânsito terminou com três pessoas baleadas na região do Jardim do Lago, no bairro Efapi, em Chapecó, na tarde de sábado, dia 11. Entre as vítimas feridas estava o sargento da Polícia Militar, Márcio Antônio de Mello, que acabou morrendo no Hospital na madrugada de domingo, dia 12.

 

Conforme o relato da PM, a ocorrência iniciou quando o policial militar Márcio Antônio de Mello, que estava de folga, recebeu a informação que seus familiares eram agredidos, após um acidente de trânsito. Ele foi ao local e tentou abordar o condutor do carro que discutia com os familiares.


Segundo a PM o homem tentou sair do local. O policial de folga fez o acompanhamento e conseguiu fazer a abordagem, porém o condutor teria sacado um revólver e atirado no sargento. Mesmo ferido o PM também atirou e feriu o condutor e mais uma pessoa que estava no carro.


Todos foram levados ao Hospital e o sargento acabou morrendo horas depois. A Polícia Civil irá investigar a versão apresentada pela PM e a da família das outras duas vítimas baleadas.


Com informações: ClicRDC

12 set 21 | 9h00 Por Cristiano Mortari

Policial de Chapecó morre após ser baleado em briga de trânsito

Confusão aconteceu na tarde de sábado e o sargento foi levado ao Hospital, mas acabou morrendo na madrugada de domingo

Policial de Chapecó morre após ser baleado em briga de trânsito

Uma discussão e briga de trânsito terminou com três pessoas baleadas na região do Jardim do Lago, no bairro Efapi, em Chapecó, na tarde de sábado, dia 11. Entre as vítimas feridas estava o sargento da Polícia Militar, Márcio Antônio de Mello, que acabou morrendo no Hospital na madrugada de domingo, dia 12.

 

Conforme o relato da PM, a ocorrência iniciou quando o policial militar Márcio Antônio de Mello, que estava de folga, recebeu a informação que seus familiares eram agredidos, após um acidente de trânsito. Ele foi ao local e tentou abordar o condutor do carro que discutia com os familiares.


Segundo a PM o homem tentou sair do local. O policial de folga fez o acompanhamento e conseguiu fazer a abordagem, porém o condutor teria sacado um revólver e atirado no sargento. Mesmo ferido o PM também atirou e feriu o condutor e mais uma pessoa que estava no carro.


Todos foram levados ao Hospital e o sargento acabou morrendo horas depois. A Polícia Civil irá investigar a versão apresentada pela PM e a da família das outras duas vítimas baleadas.


Com informações: ClicRDC