Polícia

22 out 19 | 10h29 Por André Krüger

Motoristas da região recebem multas por infrações que não cometeram

A alegação principal é de que eles nunca estiveram nos lugares onde as supostas irregularidades foram cometidas no trânsito.

Motoristas da região recebem multas por infrações que não cometeram
Imprimir

A Central de Polícia Civil de Concórdia tem registrado vários Boletins de Ocorrência de motoristas que alegam estar recebendo multas por infração de trânsito em localidades para as quais eles nunca foram. As principais suspeitas recaem sobre erro na digitação da placa ou até mesmo clonagem.


Conforme apurado pela reportagem da Rádio Aliança, o motorista Adriano Kaupciznsk, recebe uma notificação de uma infração cometida na cidade de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Na foto, aparece um veículo GM Ônix, que atua como táxi. Porém, ele tem um HB20.


Outra situação aconteceu com Jonas Belaver, que recebeu um auto de infração, que teria sido cometida no estado de São Paulo, para onde ele alega nunca ter ido e tampouco emprestado o carro para alguém.


A orientação da Polícia Civil para esses casos é de que os condutores e proprietários de veículos, que vierem a receber multas consideradas indevidas, para que registrem um Boletim de Ocorrência e entre com recurso contra a notificação.

22 out 19 | 10h29 Por André Krüger

Motoristas da região recebem multas por infrações que não cometeram

A alegação principal é de que eles nunca estiveram nos lugares onde as supostas irregularidades foram cometidas no trânsito.

Motoristas da região recebem multas por infrações que não cometeram

A Central de Polícia Civil de Concórdia tem registrado vários Boletins de Ocorrência de motoristas que alegam estar recebendo multas por infração de trânsito em localidades para as quais eles nunca foram. As principais suspeitas recaem sobre erro na digitação da placa ou até mesmo clonagem.


Conforme apurado pela reportagem da Rádio Aliança, o motorista Adriano Kaupciznsk, recebe uma notificação de uma infração cometida na cidade de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Na foto, aparece um veículo GM Ônix, que atua como táxi. Porém, ele tem um HB20.


Outra situação aconteceu com Jonas Belaver, que recebeu um auto de infração, que teria sido cometida no estado de São Paulo, para onde ele alega nunca ter ido e tampouco emprestado o carro para alguém.


A orientação da Polícia Civil para esses casos é de que os condutores e proprietários de veículos, que vierem a receber multas consideradas indevidas, para que registrem um Boletim de Ocorrência e entre com recurso contra a notificação.