Polícia

08 nov 19 | 12h56 Por Jocimar Soares

Motorista de Concórdia está desaparecido e pode ter sido vítima de assalto

Conforme informações de familiares, caminhão dele perdeu o sinal do rastreador e ele não responde às chamadas no celular.

Motorista de Concórdia está desaparecido e pode ter sido vítima de assalto
Imprimir

Um caminhoneiro morador de Concórdia está desparecido desde a quinta-feira, dia 7, quando o rastreador do caminhão perdeu o sinal. As placas do veículo são MEI 5883 (cavalo mecânico) e Carreta (MEF 3481).


Familiares do condutor relataram à Rádio Aliança que trata-se de Edson Engel, morador do bairro Natureza. Ele dirigia uma carreta Scania, placas de Concórdia, e estava carregado de leite, que havia embarcado na cidade de Maravilha, com destino ao Estado de Goiás.


Não há informação até este momento em qual localidade o caminhão perdeu o sinal do rastreador. Parentes do motorista tentam manter contato com o mesmo via celular e aplicativos de mensagens, mas ele não responde. A suspeita é que o motorista pode ter sido vítima de assalto.


Um apelo por informações está sendo feito através das redes sociais e aplicativos de Whatsapp.



08 nov 19 | 12h56 Por Jocimar Soares

Motorista de Concórdia está desaparecido e pode ter sido vítima de assalto

Conforme informações de familiares, caminhão dele perdeu o sinal do rastreador e ele não responde às chamadas no celular.

Motorista de Concórdia está desaparecido e pode ter sido vítima de assalto

Um caminhoneiro morador de Concórdia está desparecido desde a quinta-feira, dia 7, quando o rastreador do caminhão perdeu o sinal. As placas do veículo são MEI 5883 (cavalo mecânico) e Carreta (MEF 3481).


Familiares do condutor relataram à Rádio Aliança que trata-se de Edson Engel, morador do bairro Natureza. Ele dirigia uma carreta Scania, placas de Concórdia, e estava carregado de leite, que havia embarcado na cidade de Maravilha, com destino ao Estado de Goiás.


Não há informação até este momento em qual localidade o caminhão perdeu o sinal do rastreador. Parentes do motorista tentam manter contato com o mesmo via celular e aplicativos de mensagens, mas ele não responde. A suspeita é que o motorista pode ter sido vítima de assalto.


Um apelo por informações está sendo feito através das redes sociais e aplicativos de Whatsapp.