Polícia

23 ago 19 | 6h00 Por Jocimar Soares

Laudo da PMRv conclui que Saveiro invadiu a contramão no contorno norte

Colisão envolveu três veículos e uma pessoa morreu no local.

Laudo da PMRv conclui que Saveiro invadiu a contramão no contorno norte
Imprimir

Invasão da contramão de direção é apontada como a principal causa do acidente com morte que envolveu três veículos, ocorrido na noite da segunda-feira, dia 19, no contorno norte, em Concórdia. Conforme o laudo da Polícia Militar Rodoviária, posto de Concórdia, que fez o levantamento de informações, o veículo causador é a Saveiro, placas de Osório, Rio Grande do Sul.


De acordo com as informações coletadas no local do acidente, o motorista de 53 anos, morador da cidade gaúcha, alegou que por alguma razão perdeu a direção do veículo e entrou na pista contrária. Ele não estava embriagado conforme o teste do bafômetro e teve ferimentos leves.


Após invadir a contramão de direção, ele chocou-se frontalmente contra um Fiat Uno, placas de Concórdia, dirigido por Douglas Favaretto, de 33 anos, que teve morte instantânea. O laudo também sugere que o Fiat Uno, após a colisão, pode ter atingido a motocicleta, placa de Concórdia, conduzida por Victor Piazentini, de 21 anos, que foi projetado para a sarjeta e socorrido com ferimentos gravíssimos. Ele segue internado na UTI do Hospital São Francisco.


A documentação agora será remetida para a Polícia Civil.

23 ago 19 | 6h00 Por Jocimar Soares

Laudo da PMRv conclui que Saveiro invadiu a contramão no contorno norte

Colisão envolveu três veículos e uma pessoa morreu no local.

Laudo da PMRv conclui que Saveiro invadiu a contramão no contorno norte

Invasão da contramão de direção é apontada como a principal causa do acidente com morte que envolveu três veículos, ocorrido na noite da segunda-feira, dia 19, no contorno norte, em Concórdia. Conforme o laudo da Polícia Militar Rodoviária, posto de Concórdia, que fez o levantamento de informações, o veículo causador é a Saveiro, placas de Osório, Rio Grande do Sul.


De acordo com as informações coletadas no local do acidente, o motorista de 53 anos, morador da cidade gaúcha, alegou que por alguma razão perdeu a direção do veículo e entrou na pista contrária. Ele não estava embriagado conforme o teste do bafômetro e teve ferimentos leves.


Após invadir a contramão de direção, ele chocou-se frontalmente contra um Fiat Uno, placas de Concórdia, dirigido por Douglas Favaretto, de 33 anos, que teve morte instantânea. O laudo também sugere que o Fiat Uno, após a colisão, pode ter atingido a motocicleta, placa de Concórdia, conduzida por Victor Piazentini, de 21 anos, que foi projetado para a sarjeta e socorrido com ferimentos gravíssimos. Ele segue internado na UTI do Hospital São Francisco.


A documentação agora será remetida para a Polícia Civil.