Polícia

17 jul 19 | 9h04 Por Cristiano Mortari

Ladrão furta dinheiro, documentos e ainda faz saques de contas de um casal de Ipumirim

Fato aconteceu na última semana e a Polícia já investiga o caso

Ladrão furta dinheiro, documentos e ainda faz saques de contas de um casal de Ipumirim
Escute
Imprimir

Prejuízos e muito transtorno. Este é o resumo dos últimos dias para Dirceu Von Dentz e Andressa Benelli, que residem no Loteamento Giombelli em Ipumirim. A confusão na vida do casal iniciou depois que um homem entrou na casa deles na última quinta-feira, dia 11, e furtou a bolsa, duas carteias, documentos, R$ 450,00 em dinheiro, cartões de crédito e senhas. Além de levar tudo, o ladrão ainda fez saques de contas do casal.


Dentz acredita que o furto aconteceu entre 12h e 12h30 no momento em que ele e a esposa estavam almoçando. “Não conseguimos ver a ação do ladrão, mas ele deve ter aproveitado o momento em que estávamos na cozinha. Uma porta da sala estava aberta e a bolsa da minha esposa estava lá”, conta ele.


O casal notou a falta dos objetos à noite. No dia seguinte Andressa foi ao banco para bloquear os cartões do casal, porém descobriu que saques já haviam sido feitos. “Ele já havia feito dos saques no Sicoob de Arabutã, ainda na tarde quinta-feira. Um no valor de R$ 1.500,00 e outro no valor de R$ 500,00”, relata ela. “No momento consultei minha conta na Caixa, através do aplicativo, e constatei que ele já havia feito dois saques, um de R$ 1 mil e outro de R$ 100,00”, na agência de Concórdia, lamenta Andressa. “As senhas de letras dos cartões estavam anotadas em alguns papéis que ficavam na carteira. Com isso e com todos os documentos em mãos ele conseguiu sacar”, explica Andressa.


O casal bloqueou os cartões e procurou a Polícia. Segundo Dirceu a investigação já iniciou e é possível que o ladrão seja identificado. “Informamos as polícias Civil e Militar e eles estão trabalhando. Imagens de câmeras de monitoramento dos bancos já apontam um suspeito. Esperamos que ele seja pego e punido”, deseja Dentz.


Andressa diz que já não tem esperança de recuperar o dinheiro, mas gostaria de recuperar os documentos. “Todos os documentos estavam na carteira, ele levou RG, CPF, Título de Eleitor, cartão dos SUS, entre outros. Temos que refazer tudo, isso demanda tempo, gera taxas, enfim, além do prejuízo, está gerando um grande transtorno”, ressalta ela.


17 jul 19 | 9h04 Por Cristiano Mortari

Ladrão furta dinheiro, documentos e ainda faz saques de contas de um casal de Ipumirim

Fato aconteceu na última semana e a Polícia já investiga o caso

Ladrão furta dinheiro, documentos e ainda faz saques de contas de um casal de Ipumirim

Prejuízos e muito transtorno. Este é o resumo dos últimos dias para Dirceu Von Dentz e Andressa Benelli, que residem no Loteamento Giombelli em Ipumirim. A confusão na vida do casal iniciou depois que um homem entrou na casa deles na última quinta-feira, dia 11, e furtou a bolsa, duas carteias, documentos, R$ 450,00 em dinheiro, cartões de crédito e senhas. Além de levar tudo, o ladrão ainda fez saques de contas do casal.


Dentz acredita que o furto aconteceu entre 12h e 12h30 no momento em que ele e a esposa estavam almoçando. “Não conseguimos ver a ação do ladrão, mas ele deve ter aproveitado o momento em que estávamos na cozinha. Uma porta da sala estava aberta e a bolsa da minha esposa estava lá”, conta ele.


O casal notou a falta dos objetos à noite. No dia seguinte Andressa foi ao banco para bloquear os cartões do casal, porém descobriu que saques já haviam sido feitos. “Ele já havia feito dos saques no Sicoob de Arabutã, ainda na tarde quinta-feira. Um no valor de R$ 1.500,00 e outro no valor de R$ 500,00”, relata ela. “No momento consultei minha conta na Caixa, através do aplicativo, e constatei que ele já havia feito dois saques, um de R$ 1 mil e outro de R$ 100,00”, na agência de Concórdia, lamenta Andressa. “As senhas de letras dos cartões estavam anotadas em alguns papéis que ficavam na carteira. Com isso e com todos os documentos em mãos ele conseguiu sacar”, explica Andressa.


O casal bloqueou os cartões e procurou a Polícia. Segundo Dirceu a investigação já iniciou e é possível que o ladrão seja identificado. “Informamos as polícias Civil e Militar e eles estão trabalhando. Imagens de câmeras de monitoramento dos bancos já apontam um suspeito. Esperamos que ele seja pego e punido”, deseja Dentz.


Andressa diz que já não tem esperança de recuperar o dinheiro, mas gostaria de recuperar os documentos. “Todos os documentos estavam na carteira, ele levou RG, CPF, Título de Eleitor, cartão dos SUS, entre outros. Temos que refazer tudo, isso demanda tempo, gera taxas, enfim, além do prejuízo, está gerando um grande transtorno”, ressalta ela.