Polícia

02 ago 22 | 17h40 Por Jocimar Soares

Justiça de Concórdia condena homem a pena de 16 anos por homicídio ocorrido em 2014

Tribunal do Júri foi realizado nesta terça-feira, dia 2, no Fórum da Comarca de Concórdia

Justiça de Concórdia condena homem a pena de 16 anos por homicídio ocorrido em 2014
Imprimir

A Justiça da Comarca de Concórdia condenou o réu de iniciais A.S.R a pena de 16 anos de reclusão em regime inicial fechado pelo crime de homicídio, ocorrido no ano de 2014. O Tribunal do Júri sobre o caso foi realizado nesta terça-feira, dia 2, no Fórum da Comarca de Concórdia. Ele também foi enquadrado na qualificadora de recurso que dificultou a defesa da vítima.


De acordo com o que já foi informado pela Aliança FM, o crime aconteceu no dia 29 de junho de 2014, no bairro Colibri, em Concórdia. A vítima, identificada como Leocir da Rosa, estava caminhando em via pública, na rua Araras, quando se encontrou com o indiciado. De acordo com a acusação, por motivo não suficientemente esclarecido, o réu desferiu quatro golpes de faca, que atingiram o rosto e as costas. Mesmo ferida, a vítima tentou fugir, mas foi alcançada e atingida mais uma vez pelo réu. Esses ferimentos lhe provocaram a morte.


Em sua sentença, o juiz Ildo Fabris Júnior acrescentou que as consequências do crime foram graves, na medida em que a vítima possuía seis filhos, sendo um deles menor de idade e que era o único responsável pelo sustento da família. Diz que as circunstancias do homicídio destoaram do comum, uma vez que foi cometido na presença de diversas pessoas, inclusive crianças. Após os fatos, o acusado sentou, limpou o sangue na faca e bradou que matou e mataria outras pessoas.


A defesa de A.S.R foi feito pela Defensora Pública Júlia Gimenes Pedrollo. 


A Justiça da Comarca de Concórdia também realizará Sessão do Tribunal do Júri nesta quarta-feira, dia 3, sobre tentativa de homicídio, ocorrida na João Suzim Marini, no centro de Concórdia, em 2015, a partir das 9h.


02 ago 22 | 17h40 Por Jocimar Soares

Justiça de Concórdia condena homem a pena de 16 anos por homicídio ocorrido em 2014

Tribunal do Júri foi realizado nesta terça-feira, dia 2, no Fórum da Comarca de Concórdia

Justiça de Concórdia condena homem a pena de 16 anos por homicídio ocorrido em 2014

A Justiça da Comarca de Concórdia condenou o réu de iniciais A.S.R a pena de 16 anos de reclusão em regime inicial fechado pelo crime de homicídio, ocorrido no ano de 2014. O Tribunal do Júri sobre o caso foi realizado nesta terça-feira, dia 2, no Fórum da Comarca de Concórdia. Ele também foi enquadrado na qualificadora de recurso que dificultou a defesa da vítima.


De acordo com o que já foi informado pela Aliança FM, o crime aconteceu no dia 29 de junho de 2014, no bairro Colibri, em Concórdia. A vítima, identificada como Leocir da Rosa, estava caminhando em via pública, na rua Araras, quando se encontrou com o indiciado. De acordo com a acusação, por motivo não suficientemente esclarecido, o réu desferiu quatro golpes de faca, que atingiram o rosto e as costas. Mesmo ferida, a vítima tentou fugir, mas foi alcançada e atingida mais uma vez pelo réu. Esses ferimentos lhe provocaram a morte.


Em sua sentença, o juiz Ildo Fabris Júnior acrescentou que as consequências do crime foram graves, na medida em que a vítima possuía seis filhos, sendo um deles menor de idade e que era o único responsável pelo sustento da família. Diz que as circunstancias do homicídio destoaram do comum, uma vez que foi cometido na presença de diversas pessoas, inclusive crianças. Após os fatos, o acusado sentou, limpou o sangue na faca e bradou que matou e mataria outras pessoas.


A defesa de A.S.R foi feito pela Defensora Pública Júlia Gimenes Pedrollo. 


A Justiça da Comarca de Concórdia também realizará Sessão do Tribunal do Júri nesta quarta-feira, dia 3, sobre tentativa de homicídio, ocorrida na João Suzim Marini, no centro de Concórdia, em 2015, a partir das 9h.