Polícia

04 mai 21 | 0h18 Por André Krüger

Identificada vítima de homicídio em Concórdia

Homem de 27 anos foi morto por pelo menos dez golpes de facão

Identificada vítima de homicídio em Concórdia
Imprimir

Foi identificada a vítima do homicídio ocorrido na noite da segunda-feira, dia 3, na rua Tancredo Neves, no Parque de Exposições, em Concórdia.


Conforme informações apuradas pela Aliança FM, trata-se de Alisson Tiago Alves, de 27 anos, que foi morto por após ser atingido por golpe de facão.


Ele seria morador das proximidades. A vítima apresentava vários cortes provocados por golpes de facão na região da cabeça e dos braços. Um dos membros ficou dilacerado pelas agressões. 


De acordo com relatos preliminares, os agressores seriam dois homens que teriam abordado a vítima em via pública, iniciado a discussão, que acabou nas agressões e na morte. Alves caiu no pátio de uma das residências, que fica próxima do Mercado Melo. O facão usado no crime foi abandonado no local.


A Polícia Civil e IGP estiveram no local para os procedimentos cabíveis. O corpo foi recolhido e passará por necropsia em Chapecó.


A polícia já tem a identificação de um suspeito, mas por enquanto não foram repassados detalhes para não atrapalhar a investigação.

04 mai 21 | 0h18 Por André Krüger

Identificada vítima de homicídio em Concórdia

Homem de 27 anos foi morto por pelo menos dez golpes de facão

Identificada vítima de homicídio em Concórdia

Foi identificada a vítima do homicídio ocorrido na noite da segunda-feira, dia 3, na rua Tancredo Neves, no Parque de Exposições, em Concórdia.


Conforme informações apuradas pela Aliança FM, trata-se de Alisson Tiago Alves, de 27 anos, que foi morto por após ser atingido por golpe de facão.


Ele seria morador das proximidades. A vítima apresentava vários cortes provocados por golpes de facão na região da cabeça e dos braços. Um dos membros ficou dilacerado pelas agressões. 


De acordo com relatos preliminares, os agressores seriam dois homens que teriam abordado a vítima em via pública, iniciado a discussão, que acabou nas agressões e na morte. Alves caiu no pátio de uma das residências, que fica próxima do Mercado Melo. O facão usado no crime foi abandonado no local.


A Polícia Civil e IGP estiveram no local para os procedimentos cabíveis. O corpo foi recolhido e passará por necropsia em Chapecó.


A polícia já tem a identificação de um suspeito, mas por enquanto não foram repassados detalhes para não atrapalhar a investigação.