Polícia

12 ago 19 | 7h15 Por Cristiano Mortari

Homens tentam estuprar mulher na madrugada de sábado em Concórdia

Segundo ela, o próprio companheiro estaria na confusão

Homens tentam estuprar mulher na madrugada de sábado em Concórdia
Imprimir

Uma mulher de 55 anos registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Concórdia no sábado, dia 10. No relato ela contou aos policias que quatro homens tentaram a estuprar na madrugada de sexta para sábado. Ainda conforme as informações da mulher, o próprio companheiro, que vive com ela há 17 anos, estaria entre os homens. Ele conseguiu fugir antes de ser estuprada.


De acordo com o relato da mulher, ela e o companheiro estavam em um baile em uma danceteria na área central da cidade. Ao saírem, por volta das 04h, ele informou que daria carona para três amigos, os quais ela não conhecia.


A mulher disse aos policiais que eles foram de carro até um “beco” próximo a Rua Julio Moretz e que no local o companheiro “autorizou” que os amigos a estuprassem. Ela disse que um deles tentou e chegou a rasgar a blusa e a arranhar. Porém, um dos envolvidos pediu que parassem. Ainda conforme a mulher, eles fizeram ameaças de morte e abriram o porta-malas do carro dizendo que pegariam “ferramentas” para matá-la.


De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência a mulher conseguiu fugir no momento em que um morador ouviu o barulho no local e acendeu uma lâmpada. Ele teria saído e os quatro também fugiram.


A Polícia Civil vai investigar o caso. 

12 ago 19 | 7h15 Por Cristiano Mortari

Homens tentam estuprar mulher na madrugada de sábado em Concórdia

Segundo ela, o próprio companheiro estaria na confusão

Homens tentam estuprar mulher na madrugada de sábado em Concórdia

Uma mulher de 55 anos registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Concórdia no sábado, dia 10. No relato ela contou aos policias que quatro homens tentaram a estuprar na madrugada de sexta para sábado. Ainda conforme as informações da mulher, o próprio companheiro, que vive com ela há 17 anos, estaria entre os homens. Ele conseguiu fugir antes de ser estuprada.


De acordo com o relato da mulher, ela e o companheiro estavam em um baile em uma danceteria na área central da cidade. Ao saírem, por volta das 04h, ele informou que daria carona para três amigos, os quais ela não conhecia.


A mulher disse aos policiais que eles foram de carro até um “beco” próximo a Rua Julio Moretz e que no local o companheiro “autorizou” que os amigos a estuprassem. Ela disse que um deles tentou e chegou a rasgar a blusa e a arranhar. Porém, um dos envolvidos pediu que parassem. Ainda conforme a mulher, eles fizeram ameaças de morte e abriram o porta-malas do carro dizendo que pegariam “ferramentas” para matá-la.


De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência a mulher conseguiu fugir no momento em que um morador ouviu o barulho no local e acendeu uma lâmpada. Ele teria saído e os quatro também fugiram.


A Polícia Civil vai investigar o caso.