Polícia

08 dez 21 | 18h28 Por Cristiano Mortari

Homem que confessou ter matado ex-companheira em Concórdia já está preso

Ele teve a prisão preventiva decretada e ficará recolhido no Presídio Regional de Concórdia durante as diligências da Polícia

Homem que confessou ter matado ex-companheira em Concórdia já está preso
Escute
Imprimir

A Justiça decretou a prisão preventiva do homem de 34 anos que confessou ter assassinado a ex-companheira, Roseli Sttol, que residia no Bairro das Nações em Concórdia. Ela estava desaparecida desde do dia 02 de dezembro. O suspeito foi detido no RS na noite de terça-feira, dia 07, e está no Presídio Regional de Concórdia. Ele relatou aos policiais que jogou o corpo de Roseli no lago da Usina de Itá, em Alto Bela Vista.

 

Ex-companheiro no local onde deixou o corpo:

Antes de ser levado ao Presídio, os policiais civis de Concórdia conduziram ele até Alto Bela Vista, para que ele mostrasse o local onde deixou o corpo. Depois disso, ele também prestou esclarecimentos à Polícia Civil.  


Buscas no lago:

Bombeiros de Piratuba e uma equipe do Gorsc, Grupo Voluntário de Operação, Resgate e Salvamento com Cães, fizeram buscas na região de Entre Rios durante a quarta-feira. As atividades iniciaram ainda pela manhã. Os Bombeiros encerraram as buscas e vão retomar o trabalho na quinta-feira. O Gorsc segue com uma equipe no local, com os cães farejadores. O objetivo é ter certeza que ele passou pelo local e deixou o corpo na região onde descreveu aos policiais.


Detalhes do crime:

De acordo com informações apuradas pelo Jornalismo da Aliança FM, o homem confessou à Polícia Civil de Concórdia, nesta quarta-feira, dia 08, que cometeu o crime usando uma cinta para asfixiar Roseli, ainda na sexta-feira, dia 03. Ele teria levado ela até o lago de Itá em Alto Bela Vista e para não deixar pistas, entrou na água com uma boia e amarrou pedras no corpo da vítima, para que ele ficasse no fundo. Agentes estiveram na casa do autor e da vítima nesta quarta-feira, com um mandado de busca e apreensão, para coletar possíveis evidências sobre o crime. A Polícia ainda apura detalhes sobre o assassinato aconteceu.


CONFIRA TODOS OS DETALHES SOBRE O CASO:

Moradora de Concórdia está desaparecida

Homem é preso no RS e confessa que matou ex-companheira, moradora de Concórdia

Corpo de mulher desaparecida em Concórdia pode estar no lago em Alto Bela Vista

Gorsc de Concórdia auxilia nas buscas pelo corpo de concordiense morta pelo ex-companheiro


OUÇA ACIMA, A ENTREVISTA DO DELEGADO ÁLVARO OPTIZ:

08 dez 21 | 18h28 Por Cristiano Mortari

Homem que confessou ter matado ex-companheira em Concórdia já está preso

Ele teve a prisão preventiva decretada e ficará recolhido no Presídio Regional de Concórdia durante as diligências da Polícia

Homem que confessou ter matado ex-companheira em Concórdia já está preso

A Justiça decretou a prisão preventiva do homem de 34 anos que confessou ter assassinado a ex-companheira, Roseli Sttol, que residia no Bairro das Nações em Concórdia. Ela estava desaparecida desde do dia 02 de dezembro. O suspeito foi detido no RS na noite de terça-feira, dia 07, e está no Presídio Regional de Concórdia. Ele relatou aos policiais que jogou o corpo de Roseli no lago da Usina de Itá, em Alto Bela Vista.

 

Ex-companheiro no local onde deixou o corpo:

Antes de ser levado ao Presídio, os policiais civis de Concórdia conduziram ele até Alto Bela Vista, para que ele mostrasse o local onde deixou o corpo. Depois disso, ele também prestou esclarecimentos à Polícia Civil.  


Buscas no lago:

Bombeiros de Piratuba e uma equipe do Gorsc, Grupo Voluntário de Operação, Resgate e Salvamento com Cães, fizeram buscas na região de Entre Rios durante a quarta-feira. As atividades iniciaram ainda pela manhã. Os Bombeiros encerraram as buscas e vão retomar o trabalho na quinta-feira. O Gorsc segue com uma equipe no local, com os cães farejadores. O objetivo é ter certeza que ele passou pelo local e deixou o corpo na região onde descreveu aos policiais.


Detalhes do crime:

De acordo com informações apuradas pelo Jornalismo da Aliança FM, o homem confessou à Polícia Civil de Concórdia, nesta quarta-feira, dia 08, que cometeu o crime usando uma cinta para asfixiar Roseli, ainda na sexta-feira, dia 03. Ele teria levado ela até o lago de Itá em Alto Bela Vista e para não deixar pistas, entrou na água com uma boia e amarrou pedras no corpo da vítima, para que ele ficasse no fundo. Agentes estiveram na casa do autor e da vítima nesta quarta-feira, com um mandado de busca e apreensão, para coletar possíveis evidências sobre o crime. A Polícia ainda apura detalhes sobre o assassinato aconteceu.


CONFIRA TODOS OS DETALHES SOBRE O CASO:

Moradora de Concórdia está desaparecida

Homem é preso no RS e confessa que matou ex-companheira, moradora de Concórdia

Corpo de mulher desaparecida em Concórdia pode estar no lago em Alto Bela Vista

Gorsc de Concórdia auxilia nas buscas pelo corpo de concordiense morta pelo ex-companheiro


OUÇA ACIMA, A ENTREVISTA DO DELEGADO ÁLVARO OPTIZ: