Polícia

09 jun 21 | 16h45 Por André Krüger

DIC de Concórdia divulga foto de foragido da Justiça

Ele foi condenado por homicídio de um jovem ocorrido em janeiro de 2018, no Bairro dos Industriários

DIC de Concórdia divulga foto de foragido da Justiça
Imprimir

A Polícia Civil de Concórdia, por meio da Divisão de Investigações Criminais, DIC, divulgou nas últimas horas nas redes sociais o retrato de um homem que foi condenado por ser o mandante do homicídio, contra Felipe Carvalho, registrado no Bairro dos Industriários em janeiro de 2018. Trata-se de Geziel de Vargas, 32 anos, que encontra-se foragido. Ele foi condenado a uma pena de 18 anos e oito meses de prisão em regime fechado, durante Sessão do Tribunal do Júri, que aconteceu na terça-feira, dia 8, no Fórum da Comarca de Concórdia.


Segundo informações apuradas pelo Jornalismo da Aliança FM, Vargas chegou a ser preso durante a investigação do crime. Porém foi colocado em liberdade com o uso de tornozeleira eletrônica. Porém, ele acabou infringindo a restrição de liberdade e é procurado pela Polícia. Geziel também responde pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.


Conforme já informado pela Aliança FM, o crime aconteceu no dia 17 de janeiro de 2018, no bairro dos Industriários. A vítima, Felipe Carvalho, foi morta por disparos de arma de fogo. O motivo seria dívida por drogas.


No Tribunal do Júri, L.P, acusado de ser o autor dos disparos, foi condenado a 12 anos de reclusão.

09 jun 21 | 16h45 Por André Krüger

DIC de Concórdia divulga foto de foragido da Justiça

Ele foi condenado por homicídio de um jovem ocorrido em janeiro de 2018, no Bairro dos Industriários

DIC de Concórdia divulga foto de foragido da Justiça

A Polícia Civil de Concórdia, por meio da Divisão de Investigações Criminais, DIC, divulgou nas últimas horas nas redes sociais o retrato de um homem que foi condenado por ser o mandante do homicídio, contra Felipe Carvalho, registrado no Bairro dos Industriários em janeiro de 2018. Trata-se de Geziel de Vargas, 32 anos, que encontra-se foragido. Ele foi condenado a uma pena de 18 anos e oito meses de prisão em regime fechado, durante Sessão do Tribunal do Júri, que aconteceu na terça-feira, dia 8, no Fórum da Comarca de Concórdia.


Segundo informações apuradas pelo Jornalismo da Aliança FM, Vargas chegou a ser preso durante a investigação do crime. Porém foi colocado em liberdade com o uso de tornozeleira eletrônica. Porém, ele acabou infringindo a restrição de liberdade e é procurado pela Polícia. Geziel também responde pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.


Conforme já informado pela Aliança FM, o crime aconteceu no dia 17 de janeiro de 2018, no bairro dos Industriários. A vítima, Felipe Carvalho, foi morta por disparos de arma de fogo. O motivo seria dívida por drogas.


No Tribunal do Júri, L.P, acusado de ser o autor dos disparos, foi condenado a 12 anos de reclusão.