Polícia

11 mai 22 | 14h00 Por Jocimar Soares

Concórdia registra o maior índice de criminalidade contra o agronegócio em abril

Informação é de levantamento do Coagro, divulgado pela Polícia Civil nesta semana

Concórdia registra o maior índice de criminalidade contra o agronegócio em abril
Imprimir

O município de Concórdia foi o que mais registrou ocorrências relacionadas aos crimes no meio rural no mês de abril desse ano. A informação é de levantamento mensal do Centro Estadual de Apoio Operacional de Combate aos Crimes Contra o Agronegócio da Polícia Civil de Santa Catarina, o Coagro. A informação foi publicada nesta terça-feira, dia 10.


Em todo o estado foram 62 Boletins de Ocorrência, sendo que a maioria ocorreu nas cidades de Chapecó, Lages, Concórdia e Xaxim. Em termos percentuais, Concórdia obteve o maior índice de criminalidade, com 9,1% do verificado em toda Santa Catarina. Na sequência aparecem Chapecó, com 7,3%, mais Lages e Xaxim, ambos com 5,5%.


O número de ocorrências em cada cidade não foi divulgado neste levantamento. Em todo o Estado, a Polícia Civil constatou que o crime de furto de gado (abigeado), representou 48,1% de todas as ocorrências. Além desse, o levantamento também aponta outros crimes como , furto de animais, danos, caça sem autorização, maus tratos a animais e invasão de propriedades como contravenções registradas pelo centro.


Da Amauc, além de Concórdia, o levantamento também aponta que houve crimes dessa natureza nas cidades de Ipumirim e Xavantina também registraram Boletins de Ocorrência por crimes contra o agronegócio no mês de abril.

11 mai 22 | 14h00 Por Jocimar Soares

Concórdia registra o maior índice de criminalidade contra o agronegócio em abril

Informação é de levantamento do Coagro, divulgado pela Polícia Civil nesta semana

Concórdia registra o maior índice de criminalidade contra o agronegócio em abril

O município de Concórdia foi o que mais registrou ocorrências relacionadas aos crimes no meio rural no mês de abril desse ano. A informação é de levantamento mensal do Centro Estadual de Apoio Operacional de Combate aos Crimes Contra o Agronegócio da Polícia Civil de Santa Catarina, o Coagro. A informação foi publicada nesta terça-feira, dia 10.


Em todo o estado foram 62 Boletins de Ocorrência, sendo que a maioria ocorreu nas cidades de Chapecó, Lages, Concórdia e Xaxim. Em termos percentuais, Concórdia obteve o maior índice de criminalidade, com 9,1% do verificado em toda Santa Catarina. Na sequência aparecem Chapecó, com 7,3%, mais Lages e Xaxim, ambos com 5,5%.


O número de ocorrências em cada cidade não foi divulgado neste levantamento. Em todo o Estado, a Polícia Civil constatou que o crime de furto de gado (abigeado), representou 48,1% de todas as ocorrências. Além desse, o levantamento também aponta outros crimes como , furto de animais, danos, caça sem autorização, maus tratos a animais e invasão de propriedades como contravenções registradas pelo centro.


Da Amauc, além de Concórdia, o levantamento também aponta que houve crimes dessa natureza nas cidades de Ipumirim e Xavantina também registraram Boletins de Ocorrência por crimes contra o agronegócio no mês de abril.